29 de abr de 2010

Binho explica, mas não convence

Binho explica, mas não convence

Virou rotina às explicações do governo do Acre, por meio de notas de esclarecimentos em sua página oficial na internet e nos espaços pagos nos jornais de circulação local, numa tentativa de desmentir os fatos que a mídia que o governo não consegue comprar mostra no dia a dia.

As notas vem de todos os seguimentos; saúde, segurança, educação entre outros, como se o óbvio do péssimo serviço prestado à população que sofre no dia a dia em busca de atendimento digno, que seria obrigação do estado não fosse percebido.

Na nota mais recente, tentando explicar o que foi mostrado no último domingo no programa do Fantástico, da TV Globo, que expôs o país o drama de mulheres que dependem dos hospitais públicos para um simples exame de mamografia, cuja realização é assegurada por uma lei aprovada há um ano.

O Fantástico trouxe depoimentos de mulheres de alguns Estados, entre os quais o Rio de Janeiro, o Amazonas e o Acre.

Eis a nota:

No dia 24 de março, uma forte oscilação de energia deixou sem funcionamento os dois mamógrafos da Secretaria de Saúde. Um ficou inutilizado e o outro sofreu sérios danos;

Para solucionar o problema a SESACRE acionou a empresa autorizada, TECNODATA, que por sua vez teve que importar peças que só chegaram ao Brasil no dia 15 de abril, e em Rio Branco no dia 23;

Na última segunda-feira, 26, o técnico iniciou a manutenção corretiva dos equipamentos com previsão de entrega até o final desta semana, 30 de abril;

Paralelamente, a SESACRE iniciou o processo de licitação, através da Comissão de Licitação Permanente do Estado, com previsão de 60 dias para entrega do equipamento;

Além disso, nesta terça-feira, 27, o governador Binho Marques autorizou a SESACRE a aderir a uma ata de registro de preço para a aquisição de mais um equipamento de mamografia, com prazo de entrega previsto para o dia 25 de maio;

Outra ação paralela é a instalação de um mamógrafo adquirido pela prefeitura de Rio Branco, com previsão de entrar em funcionamento nos próximos 30 dias;

Assim, com a entrega dos 2 novos mamógrafos, mais o que está em manutenção, somado ao da prefeitura de Rio Branco, o Estado do Acre terá 4 mamógrafos. Quantidade adequada para atender a população do Estado e as exigências do Ministério da Saúde que orienta que para cada 200 mil habitantes deve haver um mamógrafo;

De forma imediata, para que as mulheres que necessitam do exame não tenham prejuízo em seus atendimentos, a SESACRE efetuou convênio com o Hospital Santa Juliana para a realização dos exames, enquanto a situação se regulariza;

Por fim, a reportagem foi correta ao mostrar que os equipamentos estavam com problemas, mas as ações desenvolvidas pelo poder público foram devidamente tomadas e serão capazes de resolver o problema de forma estrutural.

Osvaldo Leal - Secretário de Estado de saúde

Escrito por Salomão Matos- Da redação ac24horas

Nenhum comentário:

Postar um comentário