2 de jul de 2011

E o cordão (...) cada vez aumenta mais

Clic na tabela para ampliar (arte ac24horas)

1 de jul de 2011

Essa é a saúde do Tião!

Paciente teme morrer de infecção por falta de bolsa de Colostomia em hospital público de Rio Branco


benedito_bolsa_in1_400O jovem Benedito da Silva Tavares, de 23 anos, foi submetido no último domingo (19) a uma cirurgia de emergência no Hospital das Clínicas em Rio Branco, originada por três tiros de revolver calibre 38, durante uma briga no bairro Mocinha Magalhães, vem enfrentando outro drama em sua vida.
Depois do procedimento, ele só pode fazer as suas necessidades fisiológicas pela barriga através de uma Bolsa de Colostomia. Ocorre que desde que veio para casa liberado pelos médicos, usa a mesma bolsa, pois segundo a família dele, no hospital o acessório está em falta e eles não tem como comprá-lo nas farmácias e drogarias da capital acriana.
A irmã dele, Ana Benedita, diz que já perdeu as contas de quantas vezes foi ao Hospital das Clínicas a procura da Bolsa de Colostomia, mas “a conversa é sempre a mesma. Não tem a bolsa e a gente é que devemos dar um jeito para comprar. Eu temo que meu irmão morra com uma infecção já que usa a mesma bolsa desde a operação e os médicos disseram que todo dia tem de troca-la”, lamenta.
Em uma pesquisa na rede de Farmácia de Rio Branco, descobrimos que um pacote com 10 unidades de bolsa de colostomia, custa em média R$ 7,5, mas a família de baixa renda,  garante não ter o dinheiro para comprar.
No Hospital das Clínicas a reportagem conseguiu falar por telefone com a senhora Paula Cardoso, que gerencia o setor de compras naquela unidade hospitalar. Segundo ela, “realmente esse material está em falta mas nós já fizemos a  licitação e foi feito a aquisição, faltando somente a empresa entregar o material. Agora mesmo eu vou ligar novamente para a empresa e pedir urgência e ainda hoje essas bolsas vão estar a disposição dos pacientes que precisam”, garantiu.

Salomão Matos

Os olhos da cara!

Cirurgia para os dois olhos teve valor dobrado no contrato do mutirão de cirurgias de vista

Os gastos do governo do Acre com o mutirão de cirurgia de vista que vem sendo realizado no Hospital das Clínicas, em Rio Branco e divulgado no início da semana por este site, estavam errados.  Na reportagem ac24horas disse que o contrato com  o Instituto dos Olhos Fabio Vieira, era no valor de R$ 21 milhões. Na verdade o valor global [ feito sem licitação] tem o valor global de mais de R$ 43 milhões. Analise os dois contratos do D.O . Antes e depois:



15 Segunda-feira, 27 de junho de 2011 Nº 10.577 DIÁRIO OFICIA1L5
SESACRE
EXTRATO DE CONTRATO
CONTRATO/ SESACRE/Nº. 244/2011
INEXIGIBILIDADE DE LICITAÇÃO
OBJETO: Constitui objeto do presente contrato prestação de serviços
especializados de oftalmologia, para usuários do SUS com prioridade
para a população a partir de 50 anos de idade e outros usuários referenciados
pela Secretaria de Estado de Saúde.
PROGRAMA DE TRABALHO: 721.607.2192.0001
Elemento de Despesa: 33.90.39.00
Fonte de Recurso: 400 (SUS)
VALOR ESTIMADO MENSAL: R$ 1.803.876,74 (hum milhão, oitocentos
e três mil, oitocentos e setenta e seis reais e setenta e quatro centavos)
VALOR ESTIMADO GLOBAL: R$ 21.646.520,88(vinte e um milhões,
seiscentos e quarenta e seis mil, quinhentos e vinte reais e oitenta e
oito centavos)
DATA DA ASSINATURA: 14/06/2011
ASSINAM: Dra. Suely Melo Souza da Costa pela Secretaria de Estado
de Saúde e do outro lado o Sr. Fábio Vieira da Silva pelo INSTITUTO E
OLHOS FÁBIO VIEIRA S/S.

22 Terça-feira, 28 de junho de 2011 Nº 10.578 DIÁRIO OFICIA2L2

EXTRATO DE CONTRATO
CONTRATO/ SESACRE/Nº. 244/2010
INEXIGIBILIDADE DE LICITAÇÃO
OBJETO: Constitui objeto do presente contrato prestação de serviços
especializados de oftalmologia, para usuários do SUS com prioridade
para a população a partir de 50 anos de idade e outros usuários referenciados
pela Secretaria de Estado de Saúde.
PROGRAMA DE TRABALHO: 721.607.2192.0001
Elemento de Despesa: 33.90.39.00
Fonte de Recurso: 400 (SUS)
VALOR ESTIMADO MENSAL: R$ 3.586.611,47 (três milhões, quinhentos
e oitenta e seis mil, seiscentos e onze reais e quarenta e sete centavos)
VALOR ESTIMADO GLOBAL: R$ 43.039.337,64 (Quarenta e três milhões,
Trinta e nove mil, trezentos e trinta e sete reais e sessenta e
quatro centavos)
DATA DA ASSINATURA: 14/06/2011
ASSINAM: Dra. Suely Melo Souza da Costa pela Secretaria de Estado
de Saúde e do outro lado o Sr. Fábio Vieira da Silva pelo INSTITUTO E
OLHOS FÁBIO VIEIRA S/S.

Salomão Matos

30 de jun de 2011

OU dá ou desce


O governador Tião Viana e sua base parlamentar na Assembleia imprensaram os sindicatos na base do ¨ou dá ou desce¨.
Ou estes aceitam o percentual ofertado pelo governo ou os que recusarem ficarão sem o reajuste.
O governador não entende que receber aumento fajuto não significa necessariamente concordar com ele.
Em verdade  a trupe governista está pagando o preço da desonestidade intelectual. Leia mais

RBFC X Plácido de Castro

Rio Branco e Plácido de Castro se enfrentam esta noite

A partir das 19h30 desta quinta-feira (30), no Estádio Arena da Floresta, se enfrentam pelo Campeonato Estadual de Futebol, Rio Branco e Plácido de Castro.

O Plácido de Castro realizou o último treino ontem pela manhã na Vila do 14 e o elenco  já está na capital acriana para o primeiro confronto das finais do campeonato 2011.

O técnico Luiz Carlos Silva  não poderá contar com o meia Tiago e nem com o atacante Nilton Goiano, [artilheiro da competição com 11 gols]. Os dois jogadores estão suspensos pelo STJD. Por conta da baixa no time, Luiz Carlos Silva ainda não definiu a equipe. 

Do lado do Rio Branco, o técnico Everton, comandou o último treinamento ontem (29), e ao contrário da equipe adversária, os titulares já foram definidos.

O zagueiro Rodrigo volta. O volante Paulinho Pitbull cumpre suspensão e está fora do jogo. O time vai atuar no esquema 4-5-1 como ocorreu nas últimas partidas.

Antonio Nericlaudio, será o árbitro da partida. O jogo de hoje ainda não define o campeão estadual, mas pode encaminhar uma vantagem para a segunda partida programada para Domingo (03),  as 17h30, também no Estádio Arena da Floresta.

Salomão Matos- colaborou- Paulo Henrique Nascimento

Bom trabalho!!!

Policia Federal incinera quase uma tonelada de drogas no Acre

A Policia Federal do Acre, incinerou na manhã desta quinta-feira (30), quase uma tonelada de drogas apreendidas entre 2010 e 2011.

No total, 731,6 quilos de cocaína, 3,4 quilos de maconha e 95 quilos de material de contrabando e produtos ilegais como a Ayauasca que eram transportados sem autorização dos orgãos ambientais.

A data, foi escolhida propositalmente, como parte da Semana Nacional de Combate as Drogas.
Para o superitendente em exercírcio da PF/AC, Dr. Richard Murad Macêdo, as apreensões foram frutos de um intenso trabalho de inteligencia e investigação e “as apreensões ocorreram nas mais diversas regiões do estado do Acre, independente da origem,  a nossa equipe tem conseguido lograr êxito, mas não podemos caracterizar o local de maior incidência da entrada de drogas. Fazemos fronteira com os dois países que mais produzem drogas no mundo, [Bolívia e Peru], e com isso requer uma maior atenção da nossa demanda em combater esse tipo de ilícito”, concluiu.

Salomão Matos

29 de jun de 2011

E na Usina de Álcool... só deu Garapa de cana (não falei?)


Usina da Álccol Verde só produz Garapa de Cana e só entra em funcionamento em 2013

Essa é a mais recente previsão dos diretores da empresa apresentada nesta quarta-feira, 29, aos deputados estaduais que visitaram o empreendimento. Concebida para ser um dos principais empreendimentos do Estado e impulsionar a economia, a Álcool Verde foi reconstruída com ajuda de recursos públicos.

À época da “inauguração”, em 2010, foi papagueado a produção de açúcar e álcool de forma imediata. Mesmo sem produzir um único litro, a Assembleia Legislativa aprovou no fim de maio projeto do Palácio Rio Branco que concede benefícios fiscais à empresa.

Pelo projeto aprovado, o governo cederá financiamento para o pagamento de saldo a quitar referente ao Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS). Vale ressaltar que o governo tem 25% de participação na empresa.

De acordo com o governo, o objetivo do incentivo fiscal é fomentar o setor no Estado. Com o benefício, o governo aposta que a indústria terá mais condições para “realizar investimentos, aplicar mais em renovação tecnológica das estruturas produtivas e aumento da competitividade. Na moenda de hoje para apresetação as autoridades, o que não faltou foi garapa de cana.

Com infomações de Fábio Pontes (gazeta.net)

De surpresa!!!

Casal de Gavião Real ataca moradores no bairro José Augusto, em Rio Branco

Até um cachorro sumiu!

Um casal de Gavião, provavelmente da espécie Real, que habita uma área verde no bairro José Augusto, na travessa Alexandre Leal, em Rio Branco, vem atacando os moradores e deixando toda comunidade apavorada.
A ousadia das aves é tanta que foi preciso chamar uma equipe do Corpo de Bombeiros Militar, na tarde desta quarta-feira (29), para tentar capturá-los.

A senhora Maria do Socorro Trindade, foi uma das vítimas dos Gaviões e está com um corte na cabeça de um ataque surpresa.  Ela conta que “além de mim uma criança também foi atacada pelas aves e foi ferida no braço. Um cachorro pequeno que eu criava também sumiu. Eu acho que foram as aves”, relata.

O oficial sargento Bombeiro Amarízio que comandou a equipe que atendeu a ocorrência, disse que “não podemos fazer absolutamente nada. Não temos equipamentos apropriados para esse tipo de captura, [que seria arma com dardos tranquilizantes ou redes].  Chegamos apenas a ver as aves e de fato são bem grandes. Mais ou menos um 1,20m de uma asa a outra. Não podemos matar até porque isso seria um crime”, informou.

“Os ataques dos gaviões não é de hoje. Já chamamos aqui uma equipe do Ibama, mas eles disseram que também não podiam fazer nada. E agora? Como é que a gente fica? Vamos passar a viver com uma cuia na cabeça?”, indagou a dona de casa Maria do Socorro olhando para o alto onde as aves costumam ficar.

A reportagem tentou contato com o Ibama no setor de Fauna, mas nenhum responsável foi localizado para falar sobre o assunto.

Salomão Matos

Garapa de cana

Usina de Álccol do Acre vai começarar a moenda de cana nesta quarta
Enfim a Usina Álcool Verde, considerada o maior Elefante Branco já construído no Acre na década de 1980, vai funcionar. Tanto que para o evento e ver de perto o maquinário em operação, na manhã desta quarta-feira (29),  diversas autoridades incluindo o governador Tião Viana, irão visitar a Usina, e claro ver a moenda de cana que promete ser a redenção econômica para o estado, principalmente na redução do preço da gasolina e álcool, que tem o litro de produto mais caro do país, segundo a Agencia Nacional do Petróleo- ANP.

Por telefone, o Secretário de Agricultura e Pecuária do Estado, Mauro Ribeiro,  não quis adiantar detalhes sobre a produção de álcool que a Usina irá produzir e se de fato, a produção será suficiente para acabar com a  dependencia do Acre com outros estados produtores de cana-de-açucar e combustível. Cauteloso em não fornecer dados técnicos sobre o asunto,  “as informações serão repassadas a imprensa na própria fábrica as 10h de hoje e o governador vai estar presente” disse somente Ribeiro.

 Em outras palavras, ainda não se sabe para produzir álcool, açucar ou somente garapa de cana.
Salomão Matos

28 de jun de 2011

Nos tempos da Ditadura ...Trriiiimmmmm........


Governo usa pressão psicológica e invasores deixam área invadida no Parque Tucumã sem garantia de moradia
Depois das negociações frustradas na manhã desta terça-feira (28), entre invasores que ocuparam uma área de terra do governo do estado nas proximidades do Parque Tucumã em Rio Branco no Acre e  a equipe da Secretaria de Articulação Institucional- SAI, “no final da tarde mais uma vez a SAI voltou ao local, só que dessa vez com apoio da Policia Militar, Homens do Pelotão Ambiental e até com uso do Helicóptero da secretaria de segurança pública para intimidar a gente e tivemos que ceder para não apanhar. Ficamos com medor” disse um dos líderes do movimento Edislander Gadelha.                         
Nas negociações, conta Gadelha, “eles trouxeram esse aparato de segurança todo para nos intimidar. O pelotão Ambiental dizia por um lado que ninguêm poderia cortar um galho de pau, a equipe da SAI dizia que deveriamos formar uma comissao para negociar com eles de todo jeito que era a única saída e por cima o helicóptero sobrevoava com homens armados até os dentes numa tentativa clara de colocar medo na gente”, lamentou.

Como o governo queria, ao final das “negociações”, foi formado uma comissão dos invasores que por sua vez, tiveram a garantia de que o governo e junto com eles, iriam intermediar com empresas do setor imobiliário, para que vendese terrenos a preço compatível com a renda de cada um dos invasor e por fim, eles decidiram levantar acampamento e foram embora do terreno de aproximadamente 20 hectares sem a garantia de moradia própria.

Salomão Matos

Os olhos da cara

Instituto e Olhos que realiza mutirão de cirurgias no Acre vai custar 21 milhões aos cofres públicos.

Pelo contrato assinado entre o governo do estado do Acre e Instituto Olhos Fábio Vieira, que realiza o mutirão de cirurgias no Hospital das clínicas em Rio Branco e depois pelo interior do estado, a empresa contratada vai ganhar nada menos que R$ 21.646.520,88.
O termo de parceria foi firmado no último dia 14 de junho e já no dia seguinte foi dado início aos procedimentos. O Instituto de Olhos deve permanecer no Acre por 52 semanas. Até ontem (27), haviam sido realizados mais de 3.500 cirurgias, 10 mil consultas e mais de 50 mil procedimentos.
A proposta é uma experiência que teve início no Estado da Bahia em parceria com o Centro Oftalmológico de Referência Humanizada de Ribeirão Preto (SP) e representa uma grande conquista.

Salomão Matos

Sem acordo

Invasores permanecem em área do governo

Moradores dizem que deixam a área só depois que Tião Viana cumprir promessas de moradia
Não houve acordo entre a equipe da Secretaria de Articulação Institucional- SAI do governo do Acre e um grupo de pelo menos 200 famílias, que já haviam sido expulsas no início do mês de uma área particular no Ramal Bom Jesus e que dessa vez  ocuparam nas primeiras horas da manhã desta terça-feira (28), uma área de terra de propriedade do estado, nas imediações do Parques Tucumã, medindo aproxmadamente 20 hectares.

Para o líder dos invasores,  Raimundo Nascimento Falcão, afirma que estão cansados de ser ludibriados com falsas promessas e “nós não temos onde morar e só iremos sair daqui quando o próprio governador Tião Viana vier aqui e cumprir o que prometeu; Casa pra gente morar” afirma.

O clima chegou a ficar tenso entre os invasores e a mediadora da SAI,  Marcia Roberta, que acompanhada de um forte aparato policial, disse que “essa área de terra invadida é destinada a unidades habitacionais, onde serão construídas 700 casas do Programa Minha Morada, inclusive para população carente”. Roberta acrescentou que como os invasores não estão querendo negociar o jeito será acionar o jurídico para fazer a reintegração de posse”, lamentou.

A invasora Maria da Conceição afirma que está inscrita nos programas do governo faz quatro anos  e aguarda até hoje ser contemplada com uma das casas que estão sendo construídos pelo estado.
“Tenho quatro filho, morava de aluguel e hoje não tenho sequer onde dormir com meus meninos. Eu estou disposta a lutar até o fim, pois todos nós aqui só queremos um pedaço de chão para tentar sobreviver com dignidade”, desabafou a invasora.

Depois das negociações frustradas, a equipe do SAI deixou a área invadida, enquanto os invasores continuam erguendo os seus barracos de lona, papelão e palhas.

Salomão Matos

MPF/AC aciona Jorge Viana e Antônio Monteiro por improbidade

Ex-gestores estaduais teriam fraudado licitação em 2005
Ex governador do Acre Jorge Viana (PT)
O Ministério Público Federal no Acre (MPF/AC) ajuizou ação de improbidade
administrativa contra o ex-governador e atual senador Jorge Ney Viana Macedo Neves
e seu secretário de segurança pública à época dos fatos, Antônio Monteiro Neto, por
ilícitos ocorridos em 2005, quando da compra de material para o sistema de inteligência
da Secretaria de Segurança Pública (SSP/AC), cujo recurso, no valor de R$ 249 mil,
era oriundo de convênio com a Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp) do
Ministério da Justiça.

A ação narra que o ex-governador e o ex-secretário dispensaram licitação fora das
hipóteses previstas em lei, bem como deixaram de observar as formalidades legais
pertinentes à dispensa. A justificativa para a dispensa ilegal foi a de que haveria
necessidade de sigilo para a aquisição de equipamentos para o sistema de inteligência
da SSP/AC. Porém, na compra foram incluídos materiais de escritório e de consumo
que nada tinham de sigilosos, tendo, inclusive, a própria Procuradoria Geral do Estado
(PGE) alertado os gestores sobre a necessidade de licitação para os itens da compra que
não fossem sigilosos, sendo este alerta ignorado por Jorge Viana e Antônio Monteiro.

Análise feita pela perícia da Polícia Federal demonstrou que, diferente do objeto
constante do contrato, descrito como “equipamentos e materiais de inteligência”, a
compra foi de materiais de investigação, perícia forense e papiloscópicos. Os peritos
também afirmaram que as aquisições poderiam ser divulgadas e realizadas licitação sem
comprometer a segurança nacional, dada a natureza e utilidade dos equipamentos. A
análise contábil da licitação demonstrou o superfaturamento de 13 a 300% nos valores
pagos, equivalente a R$ 46 mil de sobre-preço.

A ação de improbidade, assinada pelo procurador da República Paulo Henrique Ferreira
Brito, demonstra que a PGE também alertou os réus para a necessidade de justificar a
dispensa de licitação em favor da empresa Ferreira & Ferreira Ltda, já que na pesquisa
de preços apresentada no processo havia orçamentos com preços menores que os
cobrados pela empresa contratada. Por conta dos descuidos demonstrados na condução
da compra, Antônio Monteiro foi denunciado pelo MPF/AC na seara criminal pelos
mesmo fatos (Processo Nº 5829-32.2011.4.01.3000 - 1ª Vara Federal no Acre).

Se forem condenados, ambos podem ter que devolver o valor de até R$ 4,6 milhões,
equivalentes a 100 vezes o valor do sobre-preço, além de, entre outras coisas, perderem
os direitos políticos pelo prazo de cinco a oito anos e ficarem proibidos de contratar
com o Poder Público ou receber benefícios ou incentivos fiscais ou creditícios, direta
ou indiretamente, ainda que por intermédio de pessoa jurídica da qual seja sócio
majoritário, pelo prazo de até cinco anos.

Fonte: MPF/AC

Ronda Policial


Sem registros graves de ontem para hoje em Rio Branco

Depois de um final de semana marcado por acidentes de trânsito e a violência na capital acriana, o clima frio acalmou os ânimos na área policial e não houve ocorrencias graves de ontem (27) para esta terça-feira (28).
Nenhumm corpo deu entrada no Instituto Medico Legal e não houve registros no Centro Integrado de Operações Policiais- CIOSP e nem no Corpo de Bombeiros Militar (193).

A única corrência de maio repercusão, foi a recuperação de uma Camionete F 250 pelos patrulheiros da Policia Rodoviária Federal do Acre, na BR 317, durante uma blitz de rotina.

O veículo havia sido roubado na semana passada e estava sendo levado para a Bolívia, provavelmente para ser usado como moeda de troca por drogas ou para legalizar o bem naquele país, tendo em vista a nova Lei Boliviana para carros roubados.

Salomão Matos

27 de jun de 2011

Menor de idade ao volante


Filho de Walter Prado ao volante derruba muro de residência no Bosque

O filho de deputado estadual Walter Prado (PDT), de apenas 12 anos e que não teve o nome divulgado, dirigia um veículo tipo Fiat e colidiu contra um muro de uma residência no bairro Bosque na manhã de ontem (26) em Rio Branco no Acre.

Informações de testemunhas dão conta, que junto com o filho do deputado, havia um outro menor de idade que se evadiu do local após o acidente.

O pai político esteve no local e se comprometeu em pagar os prejuízos. A polícia não deu detalhes sobre se o menor foi preso ou responderá algum processo.

Salomão Matos