28 de jun de 2011

Nos tempos da Ditadura ...Trriiiimmmmm........


Governo usa pressão psicológica e invasores deixam área invadida no Parque Tucumã sem garantia de moradia
Depois das negociações frustradas na manhã desta terça-feira (28), entre invasores que ocuparam uma área de terra do governo do estado nas proximidades do Parque Tucumã em Rio Branco no Acre e  a equipe da Secretaria de Articulação Institucional- SAI, “no final da tarde mais uma vez a SAI voltou ao local, só que dessa vez com apoio da Policia Militar, Homens do Pelotão Ambiental e até com uso do Helicóptero da secretaria de segurança pública para intimidar a gente e tivemos que ceder para não apanhar. Ficamos com medor” disse um dos líderes do movimento Edislander Gadelha.                         
Nas negociações, conta Gadelha, “eles trouxeram esse aparato de segurança todo para nos intimidar. O pelotão Ambiental dizia por um lado que ninguêm poderia cortar um galho de pau, a equipe da SAI dizia que deveriamos formar uma comissao para negociar com eles de todo jeito que era a única saída e por cima o helicóptero sobrevoava com homens armados até os dentes numa tentativa clara de colocar medo na gente”, lamentou.

Como o governo queria, ao final das “negociações”, foi formado uma comissão dos invasores que por sua vez, tiveram a garantia de que o governo e junto com eles, iriam intermediar com empresas do setor imobiliário, para que vendese terrenos a preço compatível com a renda de cada um dos invasor e por fim, eles decidiram levantar acampamento e foram embora do terreno de aproximadamente 20 hectares sem a garantia de moradia própria.

Salomão Matos

Nenhum comentário:

Postar um comentário