4 de nov de 2011

As manobras do Projeto Vermelho continuam no Acre

Reunião fechada da FPA decide nome de Marcus Alexandre para disputar a PMRB

Para quem pensava que as pretensões políticas e projetos da Frente Popular do Acre para governar o estado por muito mais tempo, alem  dos fatídicos 12 anos, engana-se redondamente.

As palavras são de um membro do grupo da FPA,  que confidenciou a este blog, que o nome de Marcus Alexandre, do Departamento de Estradas e Rodagens do Acre- DERACRE, foi o escolhido durante uma reunião fechada do grupo que compõe a FPA para disputar a prefeitura de Rio Branco nas próximas eleições em 2012 e não param por aí.

O acordo segundo a fonte, que pediu para não ter o nome citado na reportagem, foi de que o pré- candidato Sibá Machado (PT), teria o apoio total do grupo para disputar o senado federal em 2014 e em troca disso, retiraria o seu nome do páreo.

A também pré- candidata Perpétua Almeida (PC do B), também seria agraciada retirando o seu nome da disputa, com a garantia de que em 2014, seria a candidata a vice do hoje governador do Acre, Tião Viana, que tentará a reeleição.

A fonte revelou também a reportagem, que a comunista só aceitou a proposta, tendo em vista, em caso de vencerem a eleição para o governo, Tião Viana, renuncia ao cargo dois anos depois de assumir o governo, para se candidatar ao senado e Perpétua então assumiria o comando do executivo, por dois anos, garantindo assim aposentadoria vitalícia, Lei que ainda beneficia  ex –governadores no estado.

Ao final da reunião, ficou acertado de que tanto Sibá quanto Perpétua, se manteriam afirmando [até as prévias], serem pré candidatos, no entanto, sempre com a postura de unidade do grupo da FPA defendendo um novo nome, para tentar reunir novamente a militância petista hoje esfacelada no estado e principalmente na capital.

Alexandre, seria como Binho Marques, [candidato tampão da FPA], e assumiria a prefeitura, até transcorrer o prazo eleitoral de quatro anos, para então mais uma vez Raimundo Angelim de candidatar ao comando do executivo municipal 

Escrito por Salomão Matos

3 de nov de 2011

A festa dos vigaristas camaradas

Agora que Dilma Rousseff já renovou o contrato de arrendamento do Ministério do Esporte ao PCdoB, entregou a chave do cofre a Aldo Rebelo, decidiu que “Orlando Silva fez um excepcional trabalho, foi incansável para a preparação do Brasil para os grandes eventos esportivos que sediaremos” e infiltrou na discurseira uma ameaçadora metáfora futebolística: “Hoje colocamos a bola no chão, reiniciamos o jogo e vamos para o ataque”;

Agora que o presidente do PCdoB, Renato Rabelo, já aproveitou a troca da guarda do cofre para promover uma festinha íntima dos comunistas do Brasil, aquecida pela descoberta de que “o partido sai engrandecido desses últimos acontecimentos”;
Agora que Orlando Silva já jurou incontáveis vezes que é inocente e vai vingar-se dos misteriosos carrascos, sempre caprichando na voz embargada e na lágrima furtiva que engrossava a cada buquê de flores entregue à companheira;
Agora que Aldo Rebelo, olhos nos olhos do antecessor, já resumiu numa frase besuntada de açúcar e de afeto (“Mais do que inocente, o senhor é vítima”) a beleza da camaradagem delinquente;
Agora que acabaram as comemorações da turma que tungou até o dinheiro das crianças, enfim, está mais que na hora de o Tribunal de Contas da União, a polícia, o Ministério Público e o Judiciário tratarem de entrar em campo para completar o serviço que a imprensa começou e o governo pretende encerrar com a mudança que deixa tudo como está. Demissão é ato administrativo. Não é o fim, mas a primeira etapa da história. Chegou o momento da aplicação dos códigos legais. Só cadeia não basta. O país decente também exige a devolução do dinheiro roubado.

Blog de Augusto Nunes


DNA: chamem o Ratinho

Eletrobrás e Eletronorte não querem ser responsabilizadas pelos apagões no Acre

Tanto a companhia Eletroacre (distribuidora Acre) quanto a Eletronorte (que gerencia o sistema do linhão nacional de energia que abastece o estado), não querem ser responsabilizadas pelo apagão ocorrido logo nas primeiras horas da manhã desta quinta-feira (03), quando deixou a capital acriana e pelo menos outras sete cidades sem energia elétrica.
A reportagem falou, por telefone com os assessores de comunicação das duas empresas, sendo com a senhora Alice Regina [Eletrobrás],  pelo número 3212 5700 e com o senhor Leonardo Alves pelo número 997* 422*, mas ambos jogaram a culpa um no outro, deixando a reportagem sem resposta.
Segundo Alice Regina, “o problema não é da Eletrobrás, “nós apenas distribuímos a energia. Ligue para a Eletronorte”, disse ela.
Já na Eletronorte, a resposta foi  praticamente a mesma: “o problema do apagão  não foi daqui. Ligue na Eletrobrás que eles lá podem esclarecer onde foi o problema. O apagão não foi culpa da gente”, disse o assessor de comunicação Leonardo Alves.
Um apagão semelhante, [ocorrido no último domingo 31], deixou todo o estado do Acre sem energia elétrica por mais de duas horas.  Nesse, a Eletrobrás emitiu nota a imprensa informando que ainda estaria investigando as causas da pane, tendo em vista não faz idéia de onde ocorreu a pane no sistema distribuidor do linhão.
Salomão Matos

Virou bagunça

Apagão deixa Rio Branco e outros sete município sem energia elétrica no Acre

Mais um apagão logo nas primeiras horas desta quinta-feira (03), deixou a capital Rio Branco e pelo menos outras sete cidades do Acre [ Xapuri, Brasiéia, Assis Brasil, Capixaba, Senador Guiomard, Bujarí e Sena Madureira],  sem energia elétrica.

Pelo telefone 0800 467 7196 da Eletrobras, [Distribuidora no Acre],  a plantonista que se identificou como Maria José, informou que  ainda não sabem as causas da pane no sistema e o fornecimento que começou por volta das 5h12, só foi restabelecidos parcialmente as 6h24, em algumas regiões e que a diretoria deve se pronunciar ainda hoje sobre assunto. 
Mais informações a qualquer momento...

Salomão Matos

2 de nov de 2011

"Os mascarados"

Quem assiste diariamente os programas na TV Gazeta e no SBT no Acre, ambos apresentados pelos deputados apresentadores Edvaldo Souza e Astério Moreira, respectivamente, precisa urgentemente ir a Assembléia Legislativa para assistir a umas das sessões no parlamento e ver qual é a verdadeira máscara que usam e da atuação dos dois “na defesa popular” para qual foram eleitos.
Na TV, são atores perfeitos para uma platéia de gente humilde e que ainda vê na mídia a esperança de que as autoridades possam ouvir suas vozes, pedindo ajuda, e mal sabem que os dois artistas, simulam o tempo todo estar ali na telinha apenas para se auto promoverem, sem jamais dizer ou dar nomes aos bois de quem tanto xingam para transparecer suas credibilidade junto aos telespectadores, sem magoar (claro), o governo ou suas bases em troca de favores e barganhas políticas.

Enfim, O POVO que se dane não é mesmo nobres colegas de profissão?

Não! Claro que não! O povo merece mais que isso.  Ha jornalistas como EU, me sinto envergonhado pela profissão que carregam consigo. Felizmente não votei em nenhum dos dois e sou ainda mais grato por não ter me enganado. 

Nas próximas eleições, ainda imagino e sonho que o povo possa acordar e aprender a votar em quem realmente quer o bem comum para todos verdadeiramente e não em artistas travestidos de jornalistas, médicos, escritores, poetas e até professores para ganhar a simpatia popular.


Meu alento nisso tudo, é que a mentira tem pernas curtas e só caminha por quatro anos.

Salomão Matos; jornalista, sem partido político, time de futebol e muito menos religião, onde a maioria esconde na bíblia a verdadeira face do lobo que são.

Dia de Finados, um bom negócio

Ambulantes faturam com homenagem aos finados no Cemitério Jardim da Saudade no Acre

É grande a movimentação de pessoas e vendedores ambulantes no Cemitério Jardim da Saudade, [localizado na parte alta de Rio Branco no Acre], na manhã desta terça-feira (02), dia em que se presta homenagem aos finados.
Na frente do cemitério, dezenas de ambulantes comercializam de tudo que seja singular as homenagens que vão desde, velas, flores, coroas, cruz e até fósforos.

O senhor Jones Ferreira Lima, que está desempregado, trouxe cruz para vender e disse que o adorno simbólico está tendo uma boa aceitação.
Ao custo de R$ 15, ele conta, “imaginei que não iria vender muitas cruzes e trouxe apenas 10 nessa parte da manhã mas vou já voltar para casa e fazer mais, pois só restam 4. As pessoas procuram  bastante”, diz animado.

O vendedor de velas Ailton da Silva Batista, negocia o produto de R$ 5 reais e comprado  3 libras, ainda leva de brinde uma caixa de fósforo. Alegre com as vendas, ele afirma que pretende fazer um bom dinheiro até o final da tarde. “Hoje eu tirei o feriado para trabalhar e ganhar um dinheiro extra. Por enquanto os negócios estão muito bons”, comenta satisfeito.


Dona Elisângela Farias, diz que com a ajuda da mãe, confeccionou em torno de 300 coroas de flores e está vendendo o produto ao custo de R$ 5, R$ 10 e até R$ 30, “quem tem muito dinheiro compra as de R$ 30, mas todas as coroas são muito bonitas e o mais importante é prestar uma homenagem a quem nos deixou e a quem nós amávamos tanto”, diz.

Do lado de dentro,a  administração do Cemitério não esta permitindo vendedores ambulantes, no entanto, apenas os artistas que fazem letreiros podem trabalhar na parte interna do lugar sagrado.

1 de nov de 2011

Telhado de vidro

Disputa no ninho tucano por presidência da juventude motiva denúncia no PSDB por militante do partido

A disputa pela cadeira da presidência da juventude do Partido Socialista Democrata Brasileiro (PSDB) no Acre, que era almejada pelo militante pupilo do deputado estadual Major Rocha, foi a gota d água para que Edislandes Gadelha, tirado de escanteio, fizesse uma série de denúncias contra os tucanos, antes seus aliados.

Hedislandes, usou a ferramenta do facebook  para disparar sua metralhadora e não poupou nem mesmo o deputado militar o chamando de traidor.

Ainda em sua conta na rede social, Hedislandes se diz agora ameaçado e perseguido pelos seus ex aliados.. Confira alguns de seus comentários no facebook:

- Tião Bocalom é o protótipo político “olho grande”, conheço sua história e não de hoje, na verdade desde de 1993 quando tornou-se prefeito da recém criada Acrelândia, vem demonstrando uma postura gananciosa e individualista.


- Frank Lima, que é Secretário Geral do PSDB no Acre, assumiu o time com um belo discurso e acabou terminando de afundar o Leão de Senador Guiomard em um mar de derrotas e dividas.

- Perfil do Normando sales: Se tratando de Normando Sales, essa velha raposa não desiste nunca, nem depois de sucessivas tentativas frustradas de se eleger a algum cargo, se conscientiza que não tem mais nenhum peso no cenário político do Acre. Não consegue se desvencilhar dessa postura fantasiosa, idealizada por ele mesmo, de que sempre é injustiçado e perseguido. Mas fica a pergunta, quem teria?

- Aviso para os Moradores de Tarauaca, esta indo para esse município um Rapaz chamado Paulinho Ximenes do PSDB, figura carimbada no tribunal do TRE. Uma de suas Benfeitorias foi à falência do Partido PFL.

- Muito ruim, estou como soldado,nessa guerra desde 2006, meu grupamento existia um Major que eu acreditava muito, estivemos em várias trinxeiras na Guerra. 
Esse Ano 2011 fui atingindo pelo próprio fogo Amigo, meu pelotão Perdeu o comando, nosso Major Correu, e me deixou Ferido no caminho.

- Porque Bocalom,não revela que esta na justiça por pedir empréstimos para industrias de algodão e não pagar e seu resultado foi a falência da industria.

A reportagem ouviu um dos dirigentes do PSDB Rodrigues Fernandes, alegou apenas que "esse menino não tem noção alguma do que diz. Ninguém houve  mais o que ele fala", lamentava