11 de mar de 2011

Alívio para os motoqueiros

Maníaco do arame é preso em Senador Guiomard-AC

Policiais Civis do município de Senador Guiomard-AC, prenderam na tarde de ontem (10), Tiago de Souza Rodrigues, de 19 anos, acusado de ser o “maníaco do arame”, como ficou conhecido os crimes de estupro praticados naquela cidade. [distante 28 quilômetros da capital acreana].

Segundo o delegado responsável pelas investigações, Raulison Nazaré, o “maníaco do arame” usava um fio atravessando a rodovia AC 40,  e quando motoqueiros passavam, ele esticava o  fio causando a queda do condutor. Aproveitando que a vítima estava no chão debilidata pela queda, os amarrava e os estuprava.

A última ação do maníaco do arame, aconteceu na 4ª noite de carnaval. Um casal que seguia de Senador Guiomard para Rio Branco, de motocicleta, se depararam com um fio esticado na rodovia. Ao cairem no chão, o maníaco amarrou o condutor da motocicleta e estuprou a moça que não teve seu nome divulgado.

Segundo ainda o delegado, as vítimas reconheceram Tiago que deve ser ainda hoje encaminhado ao presídio estadual Dr. Francisco de Oliveira Conde.

Salomão Matos

10 de mar de 2011

Horário antigo do Acre passa a valer em Sena Madureira e Santa Rosa


Juiz de Sena Madureira edita resolução e atende no horário antigo do Acre a partir desta sexta

Considerando a decisão do povo acreano, que durante o referendo do fuso horário do Acre, escolheu pela volta do antigo horário no estado, paralelo as decisões da câmara do senado federal, que demora em homologar o pleito pela vontade popular na eleição passada, O Juiz de Direito das Comarcas dos municípios de Sena Madureira-AC e Santa Rosa do Purus, Edinaldo Muniz dos Santos, fez publicar portaria, nesta quinta-feira, 10, já adotando o resultado das urnas e passa a partir desta sexta-feira, 11, atender no horário do antigo fuso no estado, em respeito segundo o magistrado que, “todo o poder emana do povo”.

Salomão Matos

Confira a resolução do juiz:


PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DO ACRE
Juízo de Direito da Comarca de Sena Madureira
Juízo de Direito de Comarca de Santa Rosa do Purus

PORTARIA DE 10 DE MARÇO DE 2011

O juiz de direito Edinaldo Muniz dos Santos, no uso de suas atribuições legais e regulamentares;

considerando o art. 1º, parágrafo único, da Constituição Federal, que estabelece que todo o poder emana do povo;

considerando o disposto no art. 2º e no art. 10 da Lei 9.709/1998;

considerando que a demora do Congresso Nacional em respeitar a vontade do povo do Acre, legitimamente manifestada e homologada pelo Tribunal Superior Eleitoral, desenha um evidente descumprimento a preceito fundamental da Constituição Federal;

considerando que atualmente a jornada de trabalho dos funcionários do Poder Judiciário está regulamentarmente fixada em 7 (sete) horas corridas, no horário das 7h às 14h;

considerando que 7h, no horário atualmente observado, ainda é muito cedo para os históricos padrões do povo do Acre;

RESOLVE:

Art. 1º. Enquanto não implementado o horário aprovado pelo povo do Acre, na consulta realizada no dia 03 de outubro de 2010, os funcionários poderão, querendo, cumprir suas respectivas 7 (sete) horas de jornada de trabalho no horário das 8h às 15h.

Parágrafo único. A chefia imediata de cada setor deverá acompanhar, planejar e fiscalizar o cumprimento do disposto no caput deste artigo, mantendo o juiz informado.

Art. 2º. Salvo expressa determinação verbal ou escrita do juiz togado, do conciliador ou dos juízes leigos, não deverão ser agendadas audiências para antes das 8h, sem prejuízo, contudo, das audiências já agendadas.

Art. 3º. Esta Portaria entrará em vigor nesta data, devendo ser publicada no quadro de avisos deste juízo e no Diário da Justiça Eletrônico.

Sena Madureira/AC, 10 de março de 2011.

Edinaldo Muniz dos Santos- JUIZ DE DIREITO





É o santo...

Procuradoria Eleitoral recorre ao TSE para anular decisões do TRE/AC


Recursos visam reformar decisões que favorecem Jorge Viana e Walter Prado
Jorge jura que é inocente e se diz perseguido
A Procuradoria Regional Eleitoral do Acre (PRE/AC) enviou ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) dois recursos especiais contra decisões do Tribunal Regional Eleitoral do Acre (TRE/AC). Um dos recursos visa reverter o habeas corpus parcialmente concedido ao então candidato ao Senado Jorge Viana. O segundo recurso diz respeito à aprovação das contas do então candidato a deputado estadual Walter Prado.

No julgamento do habeas corpus ajuizado em favor do Senador Jorge Viana, à época candidato ao Senado, o TRE/AC entendeu que o juiz eleitoral que autorizou as escutas telefônicas e ordenou a apreensão de equipamentos de informática teria extrapolado suas atribuições. Além disso, a defesa questionou a origem das denúncias.

Segundo a PRE/AC, tanto a autorização para monitoramento telefônico quanto a busca e apreensão são legítimas, pois estão amparadas na legislação brasileira. Caso o recurso seja acolhido pelo TSE, as provas colhidas terão plena validade e reforçarão as demais provas que integram as ações que correm tanto no TRE/AC quanto no TSE.

No recurso que busca reverter a aprovação de contas do então candidato a deputado estadual Walter Prado, a PRE/AC alega que o candidato omitiu em sua prestação de contas informações sobre despesas como a doação de passagens e a doação de uma espingarda de seta, realizadas em favor de eleitores de maneira ilegal.

Além disso, a PRE/AC sustenta que o candidato movimentou recursos fora da conta eleitoral de campanha, o que demonstra a utilização de “caixa 2”. Mesmo com a desaprovação por sua própria área técnica, o TRE/AC aprovou as contas de Prado, o que levou a PRE/AC a ajuizar recurso especial para que o TSE altere a decisão da Corte Eleitoral acriana.

Com informações do MPF/AC

Justiça

Ministério Público inicia planejamento nacional inédito

Será lançado na próxima segunda-feira, 14 de março, o primeiro planejamento estratégico nacional do Ministério Público. O projeto, coordenado pelo Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP), vai envolver os 14 mil promotores e procuradores de todos os ramos do Ministério Público do Brasil, tanto nos estados como da União – Ministério Público Federal, do Trabalho, Militar e do Distrito Federal e Territórios. Até julho eles definirão diretrizes comuns para as instituições.
A presidente da Comissão de Planejamento Estratégico do CNMP, conselheira Claudia Chagas caracteriza o planejamento como uma oportunidade de diálogo e compartilhamento de experiências. “É também o momento para encontrarmos nossas convergências e estabelecermos objetivos comuns e ações integradas, respeitando sempre a autonomia e as peculiaridades de cada instituição”, afirma. “Esperamos com isso apresentar à sociedade um Ministério Público que privilegie a unidade como caminho para alcançar maior eficiência”.
Metodologia
A metodologia do planejamento foi definida pelo CNMP com a participação de procuradores-gerais e de entidades de classe do Ministério Público – os conselhos de procuradores-gerais, corregedores-gerais, ouvidores e as associações de membros. Vai incluir encontros regionais com a participação de representantes de cada ramo do MP e um encontro sobre as atividades-meio, em Brasília. As reuniões regionais acontecem em Porto Alegre, São Paulo, Rio de Janeiro, Salvador, Fortaleza, Belém e Porto Velho, nos meses de março, abril e maio.
Como preparação dos encontros, foi feito um levantamento de todos os planos estratégicos já existentes nas unidades do Ministério Público. Esses dados foram reunidos num sistema que será apresentado dia 14, para facilitar a identificação de pontos em comum.
Também como preparação aos encontros regionais, será lançada dia 14 uma enquete para consultar todos os membros do MP sobre áreas de atuação prioritárias. A enquete será realizada por meio do site do CNMP. Os resultados serão apresentados nos encontros regionais, que se iniciam no final de março.
Con informações da Secretaria de Comunicação do Conselho Nacional do Ministério Público

Cuidado!

Maníaco do arame ataca no Quinarí no Acre

As equipes de policia da cidade de Senador Guiomard-AC, [município distante 28 quilômetros da capital acreana], estão investigando crimes de estupro que ficou conhecido na cidade como  “o Maníaco do Arame”.

Segundo informações do delegado responsável pelas investigações, Raiulison Nazaré, o maníaco atua usando um fio de arame atravessado na rodovia AC 40 e quando os motociclistas passam pela estrada, ele estica o objeto e as vítimas caem no chão.  Desacordadas ou indefesas, o maníaco amarra as vítimas e comete o ato sexual.

O último caso segundo o delegado, aconteceu no período do carnaval quando, um motociclista seguia daquela cidade para Rio Branco com a namorada, quando um fio esticado na estrada os derrubou na pista. Machucados, o maníaco do arame amarrou o condutor da motocicleta e arrastou a moça para dentro do mato e cometeu o estupro.

Raiulison disse ainda, que conta com a colaboração da população para localizar o suspeito, mas até o momento não há pistas do criminoso.

Salomão Matos com informações da Rádio Difusora Acreana

Tiroteio

Produtor rural leva tiro na cabeça durante tiroteio no 6 de Agosto em Rio Branco

Um homem identificado até o momento como Dias, foi preso em flagrante pela polícia na manhã desta quinta-feira, 10, ao promover um tiroteio no bairro 6 de Agosto em Rio Branco, no Acre, acabou por acertar com um tiro na cabeça, o produtor rural Romário Souza.
Segundo informações de testemunhas, o acusado aguardava a chegada do ônibus que faz a linha do ramal da Catinga e quando Romário desceu do coletivo, foi recebido a tiros.
Na ocasião, houve corre-corre entre populares que aguardavam a condução no terminal rodoviário, na tentativa de se protegerem dos tiros.
Dias foi preso em flagrante por uma equipe da policia que passava no local e foi levado a Central de Flagrante. Romário, atingido sem gravidade, foi levado para UPA do Segundo Distrito da capital e não corre risco de morte.
Salomão Matos 

Enchente

Rio Tarauacá já desabrigou mais de 2.700 mil famílias

O nível do rio Tarauacá, que banha o município acreano que leva o mesmo nome da cidade, [distante 380 quilômetros da capital], e que já desabrigou ao menos 2.709 famílias até o momento, após ultrapassar a cota de alerta de (8m), baixou quase três metros nas últimas 24h e está medindo somente 5.74m na manhã desta quinta-feira, 10, segundo o relatório diário da Defesa Civil Estadual.
As famílias desabrigadas pela enchente que encontram-se em abrigos improvisados pela prefeitura em escolas e creches, estão recebendo todo apoio necessário do governo do estado, como alimentação, noções de higiene , roupas e cobertores. Já as famílias que insistem em permanecer em suas casas mesmo alagadas, estão apenas sendo monitoradas pela D.C.
Por telefone,  o coordenador da D.C municipal, capitão Ferreira, disse que ainda não é o momento para as famílias voltarem para as suas casas, pois há a previsão de um novo repiquete do rio e de seu afluente, o rio Muru. " O céu está bastante carregado na cidade e a previsão é de mais chuva a qualquer momento.  Aqui na região chove praticamente todos os dias. Por isso, devemos ser prudentes em não deixar ninguém voltar para as suas casas por enquanto", alertou o oficial.
Mesmo contra as recomendações da D.C, com a baixa do volume de água, muitas pessoas já querem deixar os abrigos. Para evitar esse tipo de situação, o oficial informou que esta manhã começam a ser distribuídos kits de limpeza e cloro.
Todas as ruas da cidade estão praticamente debaixo d´agua e centenas de casas foram atingidas. "O risco e a preocupação maior agora é com as doenças oriundas das privadas e da lama fétida deixada pela enxurrada do rio nas ruas e casas. Enquanto não houver uma desinfecção desses locais, as pessoas devem ficar nos abrigos", orientou.
Salomão Mato

Tudo bem agora


Filho desaparecido de jornalista é encontrado na BR 364 e está bem

O jovem Ariel Pullig dos Santos, de 18 anos, que estava desaparecido desde a tarde de ontem (09), quando saiu de casa e não mais foi visto, foi encontrado a gora a pouco pela Policia Rodoviária Federal do Acre em uma residência no quilômetro 39 da BR 364 e está bem.

Por telefone, a mãe dele, a jornalista Golby Pulig, disse que o filho tem transtornos bipolar e deve ter se perdido não conseguido encontrar o caminho de casa.

No momento, a jornalista segue com um delegado até a casa ás margens da rodovia, que deu abrigo ao garoto. “Graças a Deus tudo está bem agora e eu agradeço o apoio de todos que se solidarizaram comigo nesse momento tão difícil” disse Golby animada por ter localizado o filho com saúde.

Salomão Matos



9 de mar de 2011

Inferno lotado...

Jogar lixo no chão é pecado, diz CNBB


O secretário-geral da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), dom Dimas Lara Barbosa, disse nesta quarta-feira ao lançar a Campanha da Fraternidade 2011, cujo tema é “Fraternidade e a Vida no Planeta”, que jogar lixo no chão é pecado. Segundo ele, não está escrito na Bíblia, mas um dos dez mandamentos diz: “amar ao próximo como a si mesmo”, e a partir dele seria possível tirar a conclusão de que poluir o meio ambiente também é uma infração aos mandamentos de Deus.
- Está lá: amar ao próximo como a si mesmo. A partir deste mandamento você pode tirar conclusões. Jogar lixo na rua pode ser considerado um pecado – disse dom Dimas.
A Campanha da Fraternidade deste ano foi escolhida, como sempre, a partir de diversas sugestões da população em todo Brasil. A Igreja se diz preocupada com a degradação ambiental e as mudanças climáticas.
No lançamento da campanha, dom Dimas aproveitou para criticar as mudanças no Código Florestal proposta pelo deputado Aldo Rebelo (PCdoB-SP), relator do projeto que deve ser votado ainda neste semestre na Câmara dos Deputados. Dom Dimas se reuniu com técnicos do Ministério do Meio Ambiente e com a presidente da República, Dilma Rousseff, para apresentar a posição da CNBB sobre o tema.
- Estamos preocupados com o Código Florestal. Sobre o texto do deputado Aldo Rebelo movimentos (ambientalistas) têm nos alertado para que não sejamos tão apressados com a aprovação do texto, para que haja maior discussão. As diferenças dos biomas devem ser aprofundadas.
A Igreja apontou como problemática a anistia a desmatadores prevista no texto do deputado, a possibilidade de diminuição das áreas de proteção dos rios, e o fim da reserva legal para pequenos produtores.
Outro tema polêmico abordado pela CNBB foi a construção da usina de Belo Monte, no Pará. Dom Dimas observou que a cidade de Altamira, que será sede do empreendimento, não está preparada para receber o volume de pessoas que irão trabalhar no local. A conferência prega que o Brasil invista mais em fontes alternativas de energia e acredita que o pré-sal poderá criar problemas para o país.
- Tive uma sensação muito ruim (com relação ao pré-sal). Antevi um futuro muito ruim para o Brasil. Uma riqueza deste porte não nos deixa imunes à avidez de outros povos. 
Com informações do globo.com

Greve!!

Agentes penitenciários do Acre cruzam os braços no próximo sábado

Cansados de aguardar uma resposta positiva do Governo Estadual em relação à melhores condições de trabalho e remuneração, a categoria dos Agentes Penitenciários do Acre, decidiu paralisar as suas atividades por 24 horas a partir do próximo sábado (12), às 7h.

O Fundador e Presidente do SINDAP - AC Adriano Marques, disse que “a categoria já deu todos os prazos possíveis para o governo e que o início do movimento grevista é inevitável, pois já esperamos  além do razoável”, disse.

Para ainda Adriano, “as principais causas do movimento são o descaso da equipe de negociação do governo em não pagar o prêmio anual da valorização penitenciária e falta de contratação de novos servidores, uma vez que existem recursos financeiros mais do que suficientes para tais”, argumenta.

Importante registrar que conforme previsão da Lei Estadual nº 2.189/09 a primeira parcela do prêmio deveria ser paga em janeiro de 2011 e a Lei Estadual nº 2.396/10, aumentou o quadro de agentes penitenciários de 880 (oitocentos e oitenta) para 1072 (um mil e setenta e dois), mas até a presente data, os novos agentes [em torno de 192] do cadastro de reserva.

Os representantes do governo, presentes na ultima Assembléia Geral do SINDAP - AC pediram um voto de confiança à categoria, mas que até então nada de efetivo aconteceu, Adriano Marques disse: “Se continuarmos dando prazos, nada vai acontecer. É inadmissível a forma como estamos sendo tratados e a partir de agora os movimentos serão constantes até sermos atendidos. Agora não temos mais o delimitador do período eleitoral e o estado mais uma vez verá a força da união dos Agentes Penitenciários”. Marques ainda acrescentou que: “Em respeito à sociedade acreana a paralisação não foi realizada no carnaval.”

Salomão Matos- com informações do SINDAP - AC

Sem pátria

 

Acre “despeja” refugiados em RO e vilhenense age em ação humanitária


Mulheres grávidas e crianças faziam parte do grupo

 

No último domingo, dia 06, o vilhenense Júlio Olivar, superintendente de Turismo de Rondônia, comandou uma operação humanitária que assistiu uma leva de haitianos que desembarcaram em Rondônia, vindos do Acre.

Segundo relatos de pessoas que acompanharam a operação, o superintendente teria sido orientado a acompanhar a chegada dos estrangeiros, que estariam na portaria da usina hidrelétrica de Jirau, em construção na localidade de Jacy Paraná, a 90 quilômetros de Porto Velho. No local, Olivar e assessores que o acompanhavam teriam sido informados de que realmente, um grupo de 29 imigrantes teriam pernoitado por lá, mas no dia seguinte, já alimentados e tendo dormido em acomodações providenciadas pela empresa construtora da usina, foram mandados para a Capital.

Ainda no canteiro de obras, Júlio recebeu a informação de que uma outra comitiva de haitianos estaria no distrito de Mutum Paraná e rumou para lá, encontrando o grupo na rodoviária da pequena localidade. Com a ajuda de intérpretes, o vilhenense providenciou junto à construtora Camargo Corrêa, refeições para a caravana.

As condições dos estrangeiros, segundo testemunhas, eram degradantes. Muitos estavam há dois dias sem comer e havia mulheres grávidas e crianças entre eles. Mas todos demonstraram gratidão pela acolhida e chegaram a lavar o local utilizado para o consumo das refeições. A polícia, que acompanhava a abordagem, não precisou usar a força, pois a atitude de colaboração dos haitianos facilitou a revista a que eles tiveram que ser submetidos.

As autoridades rondonienses constataram que o grupo de refugiados, cujo país foi arrasado por um terremoto no ano passado, estavam em situação legal no país e não portavam armas ou drogas. A documentação permitindo a entrada deles no país foi emitida pelo Governo do Acre, que também os teria orientado sobre a facilidade de conseguir emprego nas usinas do rio Madeira. Alguns deles chegaram a revelar que as autoridades acreanas, que custearam o transporte até as obras das hidrelétricas, os teria deixado, em pleno domingo, no meio do nada, com mulheres e crianças pequenas.

A situação do grupo agora terá que ser resolvida pelo Ministério das Relações Exteriores, que já foi comunicado sobre a situação. O senador Valdir Raupp (PMDB) também recebeu um relatório sobre o caso e prometeu cobrar do Itamaraty uma solução para o problema.

Fonte: Folha do Sul

Amigos do alheio

Enquanto o povo se divertia no Carnaval, ladrões fizeram a festa com arrombamentos á residências na capital e interior do Acre

Enquanto a Policia Militar do Acre, garantiu um dos carnavais mais tranquilos da história, na Avenida Amadeo Barbosa, os ladrões fizeram a festa em quase todos os bairros da capital acreana e no interior do estado com arrombamentos á residências. 

Pelos dados apresentados na manhã desta quarta-feira, 09, no Institito Médico Legal- IML, houve apenas duas mortes consideradas violentas, mas nenhuma teve relação com a festa de momo. Uma por homicídio e outra por acidente de trânsito.

Paralelo a isso, os arrombamentos á ressidencias foram inúmeros e os registros aconteceram em quase todas as localidades, sendo nos bairros Tancredo Neves, 6 de Agosto, Belo Jardim, Cadeia Velha, João Eduardo, Residecial Santa Helena, Vitória, Bosque [Avenida Getúlio Vargas], um no município de Porto Acre, [quilômetro 14] e dois arrombamentos em Senador Guiomard, sendo uma casa invadida no centro da cidade e outra no bairro Castelo Branco.

Para o sub-comandante da PMAC, coronel Paulo César, ainda está aguardando o fechamento de todas as ocorrências para divulgar na tarde de hoje, por volta das 16h. Contudo, disse que os 250 homens da PM dentro e fora do local onde aconteceu a festa, deram o recado e garantiram ao folião um carnaval muito tranquilo.

Salomão Matos

Jogando duro

Suely Melo vai denunciar médicos no CRM por má conduta e falta de ética no trabalho

 

Depois de receber várias reclamações de médicos que faltam os plantões nas Unidades de Pronto Atendimentos, do Tucumã e Segundo Distrito de Rio Branco no Acre, a secretária de estado de saúde Suely Melo, deve protocolar na manhã desta quinta-feira, 10, no Conselho Regional de Medicina- CRM, documento responsabilizando os médicos por má conduta e falta de ética médica.

 

As reclamações são contra ao menos seis médicos que deixaram de comparecer as UPAs, no período de carnaval,mesmo estando escalados para trabalhar, o que causou uma superlotação, gerando desconforto aos pacientes que na maioria voltaram para as suas casas sem receber atendimento.


Suely Melo, não quis adiantar os nomes dos médicos mas disse que aguarda um relatório dos gerentes dos centros, postos de saúde e das UPAs, sobre a freqüência desses profissionais, para que providencias sejam tomadas pelo CRM e ainda puni-los administrativamente.

Salomão Matos

Atenção!

Receita faz alerta sobre fraude pelos correios

A Receita adverte que não envia cartas solicitando ou intimando os contribuintes a regularizar dados cadastrais.

Segundo a assessoria de imprensa do órgão, todos os anos, principalmente durante o período que antecede a entrega das declarações, surgem várias denúncias, segundo as quais falsários se fazem passar por servidores da Receita para tentar extrair dados fiscais e bancários dos contribuintes.
Quem precisar fazer alterações, regularizações e consultas cadastrais deve usar o site do órgão, através do portal chamado e-CAC. Para utilizar o e-CAC, é necessário gerar um código de acesso ou possuir um certificado digital.
Caso não consiga usar o serviço virtual, a pessoa deve procurar uma Central de Atendimento ao Contribuinte nas unidades da Receita.

Da folha.com

7 de mar de 2011

Cuidado

Misturar álcool com energético é um perigo para o coração, alertam cardiologistas

O relato de pais e médicos e pesquisas sobretudo americanas chamam a atenção para um hábito comum no Carnaval, mas arriscado: tomar bebida alcoólica com energético. Segundo o cardiologista Luciano Vacanti, a mistura potencializa o risco de arritmias, pois as duas substâncias “irritam” o músculo do coração (o miocárdio). Ele afirma, ainda, que há casos descritos nos Estados Unidos de adolescentes que, após ingerirem energéticos, desenvolveram taquicardias que precisaram ser revertidas nos hospitais.

O médico Anthony Wong, chefe do Ceatox (Centro de Assistência Toxicológica) do Instituto da Criança do Hospital das Clínicas (SP), relata que este é um hábito que está virando uma epidemia mundial. “Pior que quanto mais jovem é a pessoa menos controle ela tem sobre as bebidas alcoólicas. É necessário tomar uma atitude de controle por parte das autoridades com o crescente abuso dessa associação”, opina.
Há vários motivos apontados pelos consumidores para se misturar as bebidas. Entre eles, disfarçar o gosto do álcool (principalmente no caso de destilados), além de esticar a balada. Por ser estimulante, o energético carrega o mito de anular os efeitos depressivos do álcool, o que é verdade em parte porque a bebida reduz a sensação de sonolência, mas os reflexos continuam mais lentos sob o efeito do álcool.

Percepção alterada
Pesquisas vêm comprovando que o consumo de álcool com energéticos pode estimular o alcoolismo, dar mais disposição para beber (a pessoa fica mais tempo em uma balada ou bar bebendo, por exemplo) e tornar o indivíduo mais suscetível aos problemas relativos ao consumo de álcool (machucam-se mais ou sofrem mais acidentes, necessitam de ajuda médica ou enfrentam problemas sexuais).
Alexandre Clemente Chame, de 36 anos, percebeu alguns desses sintomas após abusar na dose de energéticos em uma casa noturna. “Não costumo beber destilado, mas como meus amigos tinham comprado uma garrafa, resolvi tomar a bebida com energético para acompanhar. Percebi principalmente que fiquei até mais tarde na balada, costumo ir embora mais cedo, e acabei esticando até umas cinco da manhã. Daí bebi bem mais que de costume. No dia seguinte, a ressaca foi pior. Na hora até pensei: ‘esse negócio’ ajuda a não bater o carro na volta porque eu parecia estar mais desperto, mas depois percebi que poderia ter sido até pior, pois eu achava que estava normal para dirigir”.
Um dos maiores riscos dessa combinação é realmente o de mascarar os sintomas. De acordo com a psicoterapeuta Ilana Pinsky, professora do Departamento de Psiquiatria da Unifesp (Universidade Federal de São Paulo), não sentir os efeitos do álcool pode parecer bom, mas não é. É uma maneira de tapear o que o corpo está sentindo. “A pessoa não fica tão bem quanto pode pensar, pode dirigir de maneira arriscada, e os órgãos do corpo são afetados da mesma maneira, ela sentindo ou não”.
Advertências
Segundo a Agência Nacional de Vigilância Sanitária, a Anvisa, a venda de energéticos é autorizada no Brasil desde 1998, após a avaliação da agência sobre a segurança dos produtos. “Não existe nenhuma proibição quanto a comercialização dessas bebidas por parte da Comunidade Europeia e as mesmas estão dispensadas de registro na Anvisa”.
No entanto, há requisitos específicos de composição: taurina: máximo 400 mg/100 ml; cafeína: máximo 35 mg/100 ml; álcool etílico: máximo 0,5 ml/100 ml; inositol: máximo 20 mg/100 ml; clucoronolactona: máximo 250 mg/100 ml.
Além disso, as embalagens devem conter obrigatoriamente as seguintes advertências, em destaque e em negrito: "Crianças, gestantes, nutrizes, idosos e portadores de enfermidades: consultar o médico antes de consumir o produto" e "Não é recomendado o consumo com bebida alcoólica".
Segundo a Anvisa, os primeiros alertas se devem ao fato de o produto ter uma “elevada quantidade de cafeína em sua formulação”. Já a restrição à associação com álcool é feita, pois “pode potencializar os efeitos da bebida alcoólica e fazer com que o usuário tenha um julgamento errado sobre seu estado de embriaguez (tem a percepção de que não está bêbado, mas os efeitos deletérios do consumo de álcool sobre a coordenação motora continuam)”.

Mais vulneráveis
O cardiologista e médico do esporte Nabil Ghorayeb fecha a questão dizendo que o problema está no uso indiscriminado dos energéticos sem que se saiba dos riscos. “As pessoas não costumam ler os rótulos e, se não tivesse qualquer tipo de perigo, não teriam advertências nas embalagens dos produtos. O risco maior está na dose, principalmente para quem tem sensibilidade à cafeína ou predisposição às arritmias ou faz parte do grupo citado nas embalagens (crianças, idosos, nutrizes, grávidas, com problemas de saúde)”.
Ghorayeb alerta para as pessoas ficarem atentas a sinais de maior sensibilidade, como palidez, aceleração do coração, aumento da pressão, etc.. “A intoxicação por cafeína é manifestada pela presença de ansiedade, insônia, desconforto no estômago, tremores, taquicardia, agitação e até raros casos de morte foram descritos na Austrália, Irlanda e Suécia”, acrescenta Vacanti.

"Enganar" o sono

Para os pais, Ilana Pinsky recomenda que a informação é a maior arma contra o problema. “É essencial conhecer o que é energético, suas propriedades, o que é considerado um excesso de consumo. E conversar com os filhos sobre isso, informar-se primeiro para depois informar o filho”, aconselha a psicoterapeuta.

Ilana completa explicando que faz parte da característica da nossa sociedade tentar burlar o que estamos sentindo e se faz isso de uma maneira excessiva, o tempo todo, e não só na questão do álcool. Talvez esta também possa ser a explicação para o consumo crescente de energéticos, uma busca por “enganar” o sono, a timidez (no caso da associação com o álcool) e o corpo, prolongando a sensação de diversão na balada ou a malhação na academia.

Mas é preciso lembrar que o preço pode ser caro demais. Recentemente, pediatras americanos anunciaram que, nos últimos anos, já foram registrados mais de 2,5 mil casos de internações e atendimentos por intoxicação por cafeína em menores de 19 anos. E já que essa associação é prática comum e permitida, por enquanto não há outro jeito: quem deve ficar alerta e moderar na dose é o consumidor!

Fonte: Uol

Enchente!!