18 de jun de 2011

H1N1 já fez 19 vítimas no Acre

Hoje, no Jornal Globo News Edição das 18h, a médica Isabella Ballalai irá explicar o que fazer para se prevenir da gripe A-H1N1. Mande perguntas!
Segundo a Globo News , a gripe A-H1N1 está de volta. Ao todo segundo o jornal, já foram confirmados 10 casos graves no Rio Grande do Sul, onde quatro pessoas morreram, e 19 no Acre. O medo da contaminação faz aumentar a procura pela vacina, que já está em falta. Por isso, médicos orientam a população a se prevenir.

Para falar do assunto, o Jornal Globo News Edição das 18h [horário de Brasília], recebe a médica Isabella Ballalai, diretora da Sociedade Brasileira de Imunizações. Tire suas dúvidas, participe! http://g1.globo.com/globo-news/noticia/2011/06/medica-tira-duvidas-sobre-gripe.html
Salomão Matos com informações da Globo News

Ele matou 26 pessoas

Homem que cumpria 75 anos de pena no Acre é preso em Goiás

Foi preso em Goiás um dos homens mais  procurados do Acre. Adroaldo de Oliveira de Souza, é acusado de ter assassinado pelo menos 26 pessoas, além de crimes de tráfico de drogas. Quando fugiu, ele ainda conseguiu levar junto outros 10 presos. Confira a prisão dele: http://video.globo.com/Videos/Player/Noticias/0,,GIM1539826-7823-PRESO+HOMEM+ACUSADO+DE+MATAR+PESSOAS+EM+GOIAS,00.html

Filhos do câncer

17 de jun de 2011

Conveniência é lacrada pelo FUREPOL

Furepol lacra Conveniência de Auto Posto usado para promoção de festas noturnas e consumo de bebidas por menores

A Secretaria de Policia Civil do Acre, através do Fundo de Reaparelhamento Policial - FUREPOL, lacrou na tarde desta sexta-feira (17), o setor de conveniência do Auto Posto SAMA, localizado bem em frente a sede da Policia Federal, na rua Floriano Peixoto em Rio Branco.

Segundo informações da polícia, o local também vem sendo investigado por ser usado para promoção de festas noturnas e por ser supostamente um ponto de prostituição de menores, além do consumo de bebidas até altas horas da noite.

O agente do Furepol encarregado da missão, Eliézio Mansour, disse que a autuação se originou por desobediência a portaria que regulamenta venda de bebidas em franquias nos postos de combustíveis.
A direção do Furepol usou de todos os mecanismos de negociação para evitar o lacre do estabelecimento. Ao todo, já são nove o numero de autuações que não foram pagas e nem a direção do Auto Posto procurou a instituição de segurança para negociar a divida.

O proprietário do Auto Posto não foi localizado pela reportagem para comentar sobre o assunto. O Furepol havia dado prazo desde 2009 para que o dono do estabelecimento se adequasse as normas de funcionamento, mas não foi apresentado nenhuma documentação de ajuste de conduta e que por isso o local foi interditado.

Salomão Matos

Calote


Acre esta entre os estados que mais emitem cheques sem fundo

Os Estados com maior porcentual de cheques sem fundos devolvidos entre janeiro e maio deste ano foram Roraima (11,40%), Maranhão (9,47%) e Acre (7,58%). Todos estão bem acima da média brasileira no período, que foi de 1,93%. Os menores porcentuais foram registrados em São Paulo (1,47%), Rio de Janeiro (1,60%) e Paraná (1,63%).

A quantidade de cheques devolvidos por falta de fundos permanece em nível elevado no Brasil, segundo pesquisa divulgada hoje pela Serasa Experian. O levantamento aponta que 1,792 milhão de cheques foram devolvidos em maio, o equivalente a 2% do total de cheques compensados no período. O resultado repete o mesmo porcentual de cheques devolvidos em abril e está acima do porcentual de maio de 2010, quando o nível foi de 1,86%.

No período de janeiro a maio deste ano, 1,93% dos cheques foram devolvidos, resultado também mais elevado que o visto no mesmo período do ano passado, quando o indicador atingiu 1,90%.

Para os economistas da Serasa Experian, apesar de a devolução de cheques em maio repetir o mesmo resultado de abril, o cenário indica uma "estabilização em patamar elevado". A entidade avalia que a manutenção do indicador em um nível alto se explica pela maior utilização dos cheques pré-datados para driblar taxas de juros mais altas e pelas devoluções decorrentes das compras para o Dia das Mães.

A Serasa Experian lembra que o maior endividamento do consumidor e as taxas de juros elevadas continuam sendo as principais razões para justificar qualquer tipo de inadimplência. Para os próximos meses, a entidade estima que o porcentual de cheques devolvidos continue alto, mesmo que ocorram leves oscilações.

O Indicador Serasa Experian de Cheques sem Fundos leva em conta a quantidade de cheques compensados - isto é, o total de cheques encaminhados para a câmara de compensação interbancária do Banco do Brasil (BB). Na compensação, o cheque pode ser pago ou devolvido. A pesquisa registra como "devolução" o cheque que voltou duas vezes por falta de fundos. Isso, para a entidade, caracteriza a inadimplência.

Salomão Matos- com informações da Agência Estado


Indios isolados

Funai descobre nova referência de índios isolados no Vale do Javari, no Amazonas

A região é onde se concentra o maior número de isolados do país, segundo a Funai


Elaíze Farias

Maloca de índios isolados identificada este ano, pela Funai, no Amazonas
Maloca de índios isolados identificada este ano, pela Funai, no Amazonas (Peetsaa/Arquivo CGIIRC-Funai.)
Entre 2000 e 2010, a Frente de Proteção Etnoambiental Vale do Javari (FPEVJ), na fronteira do Amazonas com o Peru, localizou pelo menos 90 pontos com referências de índios isolados vivendo em floresta densa naquela região.
Uma das referências foi identificada em 2010, quando uma maloca dos indígenas do rio Quixito foi vista durante sobreevoo da Funai. Desde 1978 não havia qualquer referência deste povo.
No último dia 22 de abril uma nova referência surgiu durante expedição da FPEVJ e da Fundação Nacional do Índio (Funai).
Foram identificados três grupos de malocas na região na bacia do rio Jutaí, afluente do Solimões.
O chefe de Frente Etnoambeintal Vale do Javari, Fabrício Amorim, diz que ainda não é possível concluir se estas pessoas vivendo em isolamento são da família dos indígenas korubo (que também vivem em isolamento, mas já foram contatados há 15 anos) ou se pertencem a algum grupo ainda desconhecido da língua Pano.
Nas malocas registradas durante o sobrevôo feito pela Funai, os indigenistas acreditam que vivem pelo menos 100 pessoas. Há registros de malocas menores, tapiris e plantações de milho.
“A região do Vale do Javari é rica em indígenas que vivem em isolamento. A nossa política não é fazer contato, apenas monitorar a situação deles e promover a vigilância. Temos uma certa preocupação para que não ocorra a invasão dessas terras”, disse Amorim.
Conforme o chefe da Frente, é preciso fazer novas expedições (provavelmente no próximo ano) na região para confirmar se a nova área de referências de índios isolados está dentro da terra demarcada dos indígenas do Vale do Javari ou na fronteira.
Vigilância
Carlos Travassos, chefe da Coordenação Geral de Índios Isolados e de Recente Contato (CGIIRC) da Funai reiterou que a identificação dos isolados não pressupõe que o contato será feito.
“A área passará a ser estudada e trabalhada para que os instrumentos de vigilância seja realizado no local onde vivem os indígenas”, disse ele.
Conforme Travassos, no Vale do Javari, localizado na região do município de Atalaia do Norte (a 1.136,12 quilômetros de Manaus), há três postos de vigilância da Funai.
Algumas das principais ameaças dos indígenas daquela região são invasões de madeireiro, pescadores e doenças transmitidas por “brancos”.
No Vale do Javari existem povos indígenas de diferentes etnias. Entre as que já foram contatados estão marubo, matis, maioruna, kulina, além dos korubo, que estão na categoria de etnia de recente contato.

Da critica de Manaus

Seja responsável. Vacine seu filho (a)

Crianças de até 6 anos devem ser vacinadas neste sábado

Não perca a oportunidade!
Começa neste sábado em todo país, a primeira etapa da campanha de vacinação contra a paralisia infantil - poliomielite. Segundo estimativa do Ministério da Saúde, 14 milhões de crianças com menos de seis anos de idade deverão ser imunizadas.

A campanha contra a doença começaria em agosto, mas foi antecipada devido a um surto que está ocorrendo na Europa. Desde o início do ano foram notificados 6.500 casos suspeitos no continente, 5.000 deles na França.

De acordo com o Ministério da Saúde, a inclusão dessas unidades da federação foi decidida de acordo com três critérios: tamanho da população, número de pessoas que viajam para o exterior e quantidade de turistas recebidos.

No Acre, todos os centros e postos irão funcionar das 8h até as 17h. A segunda fase da campanha tem início no dia 13 de agosto.

Salomão Matos com informações da Folha de São Paulo

16 de jun de 2011

Desperdício com dinheiro público parte II

Ontem comentei que ha um desperdício do dinheiro público e com uso desnecessário do helicóptero da secretaria de segurança pública do Acre, que não páram de sobrevoar aqui na região do Distrito Industrial de Rio Branco.

Por sinal, eles passaram razante sobre minha residencia o dia todo,  e hoje, "passou raspiando merrrmoo" como diz a meninada por ai da peteca. Pior, o cara me viu e olha o que tinha na mão dele ... AI que medinho. Vou me esconder no congelador... rsrsrs







Mexendo com casa de caba


Washington Aquino pode ser mandado de volta ao Jordão dizem amigos do jornalista 

Amigos próximo do jornalista e apresentador do programa Gente em Debate da Rádio Difusora Acreana, Washington Aquino, confidenciaram que o colega pode mais uma vez ser mandado de volta aos confins do município Jordão no extremo norte do Acre, por "falar demais" em seus programas, a exemplo do que ocorreu na gestão do ex governador Binho Marques (PT), quando Aquino usou a mídia para atacar a “toda poderosa” Laura Okamura, [forte aliada da Frente Popular] e agora arranha mais uma vez o início de uma aproximação de Dindim Pinheiro, [um dos prefeitos mais populares do interior do estado] com o governador Tião Viana (PT), quando "atacou o prefeito" criticando a sua administração sem dar o direito de resposta. 

“O Mossoró mexeu numa casa de caba atacando o prefeito Dindim de Feijó. Se ele for mesmo a afundo e requisitar as gravações dos programas da RDA e levar ao conhecimento do Ministério das Comunicações, não vai ser somente ele que vai representar contra o sistema público. É só ouvir o programa que tem início das 10h até o meio dia para perceber que só tem críticas a quem não está do lado da FPA”, dizem os colegas do jornalista.

Especulações á parte, o titular do programa foi substituido na manhã desta quinta-feira (16), pelo Radialista Júnior César.

Salomão Matos

15 de jun de 2011

A força da Lua Cheia de Vida

A força da lua faz nascer 41 bebês numa única noite nas maternidades de Rio Branco

Eclipse Total Lunar ocorre hoje (15) com Lua Cheia

Apesar do conhecimento empírico e ser divertido imaginar que a influencia da Lua Cheia ou virada de estação do satélite tem influencia direto com o aumento no número de partos nos hospitais maternidades, a crença parece mesmo ser comprovada pelo número de mulheres que dão a luz durante a passagem do fenômeno.

Mesmo não havendo nenhuma comprovação ou explicação científica para isso, o número de bebês que nasceram de ontem (14) para esta quarta-feira (15), [Lua Cheia], nas duas maiores maternidades do Acre por exemplo, soma nada menos que 21 bebês no Hospital Santa Juliana e outros 20 na Maternidade Bárbara Heliodora, totalizando 41 novas vidas.
Eluana Leite Marinho, de 19 anos, ficou surpreendida com hora do parto


A enfermeira Obstetra Maria Suares, que trabalha na maternidade Bárbara Heliodora faz 25 anos, disse não acreditar na superstição. Na casa de saúde, segundo a enfermeira, existem 60 leitos e mais 8 para as parturientes. “De ontem para hoje, embora esse número de leitos seja mais que suficiente para a demanda em dias normais, ficou tão lotado que tivemos que colocar algumas mamães nas enfermarias. Agora vou passar a olhar mais para a Lua”, disse sorrindo.
A estudante Eluana Leite Marinho, de 19 anos, disse que durante os exames de pré natal foi dito pelo médico que ela só iria ganhar o seu bebê entre os dias 25 e 30 desse mês, mas inexplicavelmente, relata, que “quando foi por volta das 20h de ontem eu entrei em trabalho de parto e foi tudo muito rápido. Graças a Deus meu filho [Mizael], nasceu saudável e cheio de vida,” conta.
O médico ginecologista obstetra Eduardo Adad, com 29 anos de experiência, desconfia que pode haver mesmo algum tipo de interferência lunar sobre o aumento no número de partos na Lua Cheia.
Dr. Eduardo Adad (obstetra 29 anos de experiencia)
Para justificar a sua tese, “nós obstetras temos um calendário próprio que varia entre 38 e 42 semanas de gestação e é bastante impressionante como a maioria dos partos se dá geralmente no período da noite ou na madrugada, as vezes nos surpreendendo quanto a hora da criança nascer. Pode ser sim que tenha algo há ver mesmo com a força da Lua”, diz ele.

Sobre o número de bebês nascidos em apenas um único dia, Dr. Eduardo concorda que não é muito comum, pois “a média tanto na Maternidade Barbara Heliodora quanto no Hospital Santa Juliana é entre  15 e 20, mas 41 partos é realmente um número bem significativo”, explicou.
Mizael (vida que veio na força na Lua Cheia)
A Lua Cheia, entra em sua fase principal exatamente as 17h25 de hoje e para alegria dos mais supersticiosos, ocorrerá o fenômeno do eclipse Lunar Total com duração de quase duas horas no seu primeiro ciclo formando um arco ao redor do satélite com variações de cores e o eclipse inteiro vai durar 5 horas e meia.

Por Salomão Matos

O vôo do desperdício $$

Se eu ganhasse R$ 10 por toda vez que esse Helicóptero da Secretaria de Segurança Pública passa aqui sobre o bairo onde moro, mês que vem eu poderia montar acampamento e deixar de trabalhar. Quanto será que é gasto com esses vôos diários e porque a SEJUSP não justifica esse abusurdo, tendo em vista que por via aérea não se prende ninguêm e não se vê em nada a diminuição da violencia na capital?


Foto feita da minha janela

14 de jun de 2011

Tellus abocanha R$ 8,5 milhões em consultoria no Acre

Governo do Acre já pagou mais de R$ 8,5 milhões à Tellus em apenas 2 anos

Pelos levantamentos feitos pelo blog do ex-deputado Luiz Calixto, a empresa de consultoria Tellus, que mantém contrato com o governo do Acre, já recebeu mais de R$ 8,5 milhões entre os anos de 2010 e 2011.
A revelação do blog é baseada em documentos publicados pelo governo no Diário Oficial do Estado.
Veja como o dinheiro foi liberado:

O primeiro é uma autorização para dispensar a licitação no valor de 1.786.717,74.

O segundo é um contrato no valor de 2.055.369,55.

O terceiro é um aditivo contratual no valor de 1.836.506,30.

O quarto é uma dispensa de licitação de um contrato semestral com valor mensal de 474.611,24, cujo valor total, ao final, será de 2.847.667,44.

A publicação do Blog do Calixto afirma que por trás da liberação dessa fortuna está o ex-secretário de planejamento Gilberto Siqueira, que durante 12 anos comandou na pasta do planejamento das administrações petistas de Jorge Viana e Binho Marques.
Leia blog AQUI

Daví X Golias



Colunista da FPA disse que Sérgio Roberto vai acionar na justiça quem citá-lo em escândalos de desvio de recursos na área da saúde

O colunista político da “Frente Popular”, Leonildo Rosas, escreveu em sua coluna Poronga no Jornal “Chapa Branca” Página 20, que conversou com o ex-subsecretário de saúde Sérgio Roberto, quando este disse-lhe que vai acionar na justiça, jornalistas independentes que teimam em mencioná-lo no escândalo do desvio de recursos públicos na área de saúde na ordem de mais de hum milhão de reais.

Nas palavras do ex sub-secretário segundo ainda o colunista, ““É na Justiça é que se discutem as calúnias e as difamações”, disse.

O engraçado nessa estória toda, é que os gestores públicos multiplicam as suas contas bancárias ao longo de suas administração e ainda usam o dinheiro dos cofres do governo adquirido, para pagar bons advogados contra quem democraticamente insiste em escrever a verdade no Acre, mesmo ganhando honestamente o seus míseros proventos [um piso salarial do jornalista], pouco mais de R$ 1.200,00. 

Nos tribunais é claro, uma briga injusta como Daví e Golias na citação do livro sagrado.

Salomão Matos

13 de jun de 2011

DNA: chamem o Ratinho. Quem é o pai do ENEM no Acre

Todo mundo “quer ser pai do ENEM no Acre”
Depois que Universidade Federal do Acre- UFAC, aderiu ao Exame Nacional do Ensino Médio –ENEM este ano, como única forma de ingresso na instituição, colocando fim ao antigo Vestibular, parlamentares acreanos como a deputada federal Perpétua Almeida [PC do B], o deputado estadual Eduardo Farias {PC do B], deputado federal Gladson Cameli  [PP] e até mesmo o pré candidato a prefeito de Rio Branco Márcio Bittar [PSDB], numa tentativa clara de tirar vantagem política, vem manifestando apoio ao certame e se dizendo “o pai da criança” [ENEM].

Em pesquisa recente feita na web, descobriu-se que na verdade,  o Deputado Sibá Machado [PT], é o dono do um anti projeto que tramita no senado federal desde 2006 e substitui definitivamente o Vestibular pelo Exame Nacional e ainda coloca os alunos acrianos em vantagem no processo de seleção, pois a UFAC não aderiu ao Sistema Unificado de Seleção- SISU e para tanto, candidatos a uma vaga na instituição de outros estados não poderão mais disputar de igual com os alunos do Acre.

Salomão matos

Isolados e humilhados


Moradores do Jordão-AC denunciam descaso na saúde pública e abuso de autoridade policial

População do município vive com medo e humilhada
Um pequeno grupo de três moradores do município de Jordão, [cidade distante 790 quilômetros da capital acriana], procurou a reportagem de ac24horas para denunciar o que chamam de abandono do poder público, descaso e falta de respeito pelas autoridades local com a população.

-Em primeiro lugar quero deixar claro que se souberem que fomos nós os denunciantes, ao voltarmos para Jordão vão nos colocar na cadeia pois quem manda e desmanda lá é a sargento Francisca Duarte. Ela vive enchendo a cara de cachaça e depois que fica completamente embriagada bate de tapa na cara dos homens e ainda os desafia alegando se os mesmos reagirem ela os coloca na cadeia pois é ela a lei naquele lugar”, relatam.

Procurada para comentar sobre os abusos de autoridade policial cometido por ela, a sargento Duarte como é mais conhecida na cidade não foi localizada no quartel da cidade e não atendeu ao telefone pessoal dela, 84** 4163, para falar sobre o assunto.

No comando geral da Policia Militar, conseguimos falar com o corregedor militar, Edivaldo Tavares de Araujo, onde prometeu abrir um procedimento administrativo contra a oficial Duarte e “não compactuamos com esse tipo de atitude e muito menos de abuso de autoridade policial. A PM tem de ser exemplo e não prestar um desserviço á sociedade. Se for comprovado esses fatos ela será com certeza afastada do seu posto”, garantiu o corregedor

Outra denúncia dos moradores de Jordão, vem da área de saúde. Segundo contam, no hospital e no único centro de saúde do município sequer tem o medicamento Cibalena na farmácia e “para piorar ainda mais a situação, a única drogaria da cidade, o proprietário não vende fiado para pessoas de baixo poder aquisitivo e enquanto que em Rio Branco um simples Paracetamol custa R$ 2,5 o mesmo medicamento em Jordão chega a ser comercializado a R$ 8. O único remédio mesmo que é disponibilizado pela saúde do governo lá é a Dipirona”.

A reportagem tentou falar por telefone com a secretária municipal de saúde, Leila Lopes para comentar sobre o assunto mas não conseguimos completar a ligação para Jordão. Mais tarde, conseguimos falar por telefone com a  secretária estadual de saúde Suely Melo, que garantiu que “estou sabendo da falta de medicamento em Jordão por vocês. Esse mês já encaminhamos uma nova remessa de medicamentos, mas eu prometo fazer contato com a secretária do município para saber o que esta havendo” garantiu.

Com um documento na mão, o pequeno grupo disse que pretendem levar as denúncias ao conhecimento do Ministério Público Estadual aqui na capital, pois segundo relataram, “em Jordão sequer tem um MPE para fazermos uma simples denúncia já que na delegacia se abrirmos  a boca podemos ir para as grades. Não existe Lei naquela cidade e quem deveria proteger o cidadão, são eles os responsáveis de tocar o terror nas pessoas que vivem com medo e humilhados”, disseram.

O município Jordão fica no extremo Norte do estado do Acre e conta com uma população de aproximadamente 6 mil, habitantes. Sua área é de 5 429 km². Limita ao norte com o município de Tarauacá, ao sul com o Peru, a leste com o município de Feijó e a oeste com o município de Marechal Thaumaturgo.  O município é considerado ainda o mais isolado do estado do Acre e onde os Índices de Desenvolvimento Humano é o mais baixo do país.