19 de jan de 2011

P OCA VERGONHA!!!

Usuários da OCA denunciam que computadores estão sendo usados para Orkut , MSN e até para agendar programas sexuais na internet


Dois usuários da Organização das Centrais de Atendimento – OCA [criada para facilitar a vida de quem precisa de serviços públicos] inaugurada em Dezembro do ano passado em Rio Branco, denunciaram á este que vos escreve, que muitas pessoas estão usando os terminais de auto atendimento na internet para freqüentar páginas de relacionamento pessoal; Orkut,  MSN, bate-papo e até mesmo para agendar programas sexuais pela rede de computadores do estado.
Francimar Lustosa, diz que ficou na fila esperando por mais de 2h para realizar uma consulta no site do Tribunal de Justiça, para retirar uma certidão negativa, mas todos os terminais estavam ocupados por jovens adolescentes.
Lustosa, denunciou ainda, que depois de um bom tempo e cansado de tanto esperar, se aproximou para ver o que os usuários estavam escrevendo e afirmou ter visto “ eu estava na fila imaginando que aquelas garotas estavam usando os computadores para fins de documentação ou algo parecido. Quando cheguei bem perto, pude perceber que elas estavam no MSN, outras no Orkut e também no Bate papo agendando programas sexuais”, disse.
Na OCA, vinte e seis empresas dos governos federal, estadual, municipal e privadas integram o sistema e diversos computadores estão á disposição do público. Nela, são realizados todos os serviços de documentação de pessoas, da certidão de nascimento, passaporte, além de serviços prestados pelo Detran, PROCON e Defensoria Pública.
Tentamos por diversas vezes falar com os responsáveis para saber se o uso dos computadores na OCA são livres para qualquer fim, objetivando também a inclusão digital ou tão somente para atendimento da necessidade dos serviços públicos,  mas não obtivemos êxito.
Contudo, falamos com pelo menos quatro servidores da OCA, entre elas Janaina Marques, Zeilde Moreira, um senhor que não quis dizer o segundo nome mas se identificou como sendo Anderson e por fim, na diretoria do órgão com a senhora Graça Vasconcelos. Infelizmente, nos informaram que não poderiam nos esclarecer o assunto e que talvez a diretora Sídia Gomes, que não se encontrava na OCA, pudesse nos dar alguma explicação.
Na insistência de uma versão da diretoria da OCA, insistimos ainda por toda manhã e início da tarde desta quarta-feira, 19, pelos telefones; 3212 8800, 3212 8875, 3223 2467, 3223 1371, mas a reposta foi sempre a mesma: “ninguém está autorizado a falar sobre essas denúncias e a diretora Sídia Gomes não se encontra”.
Mais tarde, a assessora de comunicação do governo do estado do Acre, Mariama Morena, informou, por telefone, que alguns computadores da OCA são livres para acesso à rede mundial de computadores. Segundo a assessora, “a direção do órgão não recebeu até o momento nenhuma reclamação de uso indevido dos terminais, mas que vamos passar a monitorar os acessos para evitar abusos”, esclareceu.
Salomão Matos 

Nenhum comentário:

Postar um comentário