17 de nov de 2010

Calote tucano

A equipe que trabalhou no programa de televisão da campanha política da coligação Liberdade, Produzir para Empregar, do candidato tucano Tião Bocalom (PSDB), que disputou o governo do estado, ainda está aguardando o pagamento do restante do valor acordado para produzir a mídia eleitoral.
Após o término da eleição (primeiro turno) a turma de criação foi informada que a prioridade seria pagar os cabos eleitorais (caso contrário estes denunciariam à imprensa) e, depois, os profissionais da mídia.
Ocorre que neste intervalo, foram marcadas várias datas para o pagamento e sempre nos dias acertados foram apresentadas desculpas diversas (segundo turno, impostos a pagar e até o falecimento de conhecidos).
Tentamos por todo dia de ontem, 16, falar com os dirigentes do PSDB no Acre, mas não obtivemos êxito.
Salomão Matos

Nenhum comentário:

Postar um comentário