28 de set de 2009

CEF GARANTE QUE "GRAVETEIROS" PERDERÃO IMÓVEL


A Caixa Econômica Federal esclareceu que o Programa de Arrendamento Residencial (PAR) não contempla a transferência de unidade e que tal procedimento é ilegal.


O arrendatário não é proprietário do imóvel, portanto fica impedido de repassar a unidade para terceiros. A transação, fraudulenta, traz prejuízos para as partes. Caso seja comprovada a transferência, o arrendatário ficará impedido de participar de outros programas sociais habitacionais do governo federal. Já o “gaveteiro” não será proprietário do imóvel ao fim do pagamento do arrendamento.


A CAIXA informou também que desconhece tal prática e que já acionou o departamento jurídico para que, caso seja comprovada, irá adotar as medidas legais cabíveis.

Quanto ao roubo de extintores de incêndio, a CEF orientou a administradora responsável pelo condomínio do empreendimento para a devida reposição destes itens de segurança. Da mesma maneira, também solicitou a instalação de câmeras de vídeo, na tentativa de coibir novos furtos

Nenhum comentário:

Postar um comentário