28 de set de 2009

MARCADA PARA MORRER


Numa entrevista exclusiva ao ac24horas a diretora da escola de Ensino Fundamental e Médio Dr. João Batista Aguiar localizada no Conjunto Manoel Julião , professora de carreira e agora diretora na sua segunda gestão Girlane Moura Araújo Araújo num desabafo e apelo às autoridades fala de como está marcada para morrer por traficantes por não concordar que eles usem a escola como ponto do tráfico e o recrutamento de alunos para o tráfico de drogas.

ac24horas:
Quando e como começou as ameaças de morte diretora?

Diretora:
As ameaças agora não são somente por telefone como eram a dois anos atrás. Agora sei que eles estão mais dispostos e mais ousados . Agora eles me param na rua aqui do conjunto ou aqui mesmo na frente da escola e dizem que vão encher minha cara de bala , caso eu não pare de os denunciar.

ac24horas:
A senhora já levou essa situação ao conhecimento das autoridades?

Diretora:
Eu já estou calejada de tanto pedir apoio tanto na Secretaria de Educação que não fez absolutamente nada até agora , pedi apoio do Conselho Tutelar e claro até da polícia que vez ou outra passa por aqui e tem dado algum apoio, mas quando a polícia chega os traficantes já tem ido embora. Acredito que eles tenham uma rede de informações muito boa, pois quando a polícia entra no conjunto parece que os traficantes já estão sabendo.

ac24horas:
E como eles agem com a venda de drogas aqui na escola?

Diretora:
Não tem hora. A qualquer momento da manhã, a tarde ou a noite. Eles estão por aqui direto. Agora mesmo se vocês derem uma volta na escola nesse exato momento, eles estão tentando vender drogas pelos buracos dos muros que eles mesmo fizeram para passar droga aos estudantes.

ac24horas:
Esses buracos nos muros feito pelos traficantes, como é que é isso?

Diretora:
No início eles abriram um imenso buraco na parede do muro para eles mesmo entrarem e se misturar aos alunos fazendo a negociação direta da droga. Daí eu paguei para refazer o muro ao menos umas duas vezes , por que a noite, antes mesmo da massa secar, eles colocavam o muro a baixo. Daí paguei um vigia para ficar na construção do muro até a massa secar. Mas eles furaram vários buracos ao longo do muro para passar a droga para os alunos e pegar o dinheiro da venda .

ac24horas:
A senhora tem conhecimento de que alguns alunos da sua escola já estão usando drogas por causa desse assédio e a facilidade como a droga tem chegado até eles?

Diretora:
Estamos cansados de surpreender alunos nos banheiros usando maconha e a pasta base de cocaína. Os inspetores como teem medo, recorrem aqui na diretoria para que eu mesma vá lá e faça a abordagem e tome a droga da boca deles. Já fiz isso tantas vezes que perdi as contas.

ac24horas:
A senhora não tem medo?

Diretora:
Meu filho, medo eu tenho. Mas...esse é meu trabalho. Amo o que faço e a educação é minha vida. Cuido de 1.700 crianças e adultos aqui na escola. O que eu posso fazer mais? Você teria uma saída para me propôr? -risos-

ac24horas:
A senhora tem filhos estudando aqui?

Diretora:
Eu preferiria não falar sobre minha família. Basta eu já esta marcada para morrer e não quero que eles se tornem mais um alvo desses traficantes.

ac24horas:
Além do tráfico de drogas a senhora disse que vocês sofrem com constantes roubos aqui, como isso acontece?

Diretora:
Eles pulam o muro e de faca ou arma na mão , roubam os funcionários e alunos. As crianças ficam em pânico. Muitos alunos depois dessas ações que são sempre comum, sequer conseguem mais estudar. Como uma criança vai poder se concentrar em sala de aula depois , quando minutos antes alguém ter colocado um revólver na sua cabeça? No mês passado, tivemos um prejuízo de mais de 10 mil reais. Eles entraram á noite e levaram todo equipamento de som, data-show entre outros materiais didáticos de informática. Informei a policia mas nada foi recuperado até agora.

ac24horas;
Observando a escola , é possível ver que ela é cercada por um bosque e muitas arvores, isso não facilita a ação e a permanência de traficantes na área?
Diretora:
Eu não tenho dúvidas disso. É ali mesmo que eles se escondem , fumam e guardam também as suas drogas. Eu solicitei da prefeitura para que as árvores fossem cortadas, só que a SEMEIA disse que a área é uma reserva e ali existe uma nascente do Igarapé do Manoel Julião e ninguém pode mexer. Agora eu te pergunto, mais vale a vida de um Igarapé ou vidas de crianças que estão sendo vencidas pelo tráfico de drogas?

ac24horas:
A senhora já pensou em desistir da escola:

Diretora:
Sim claro.Mas preciso viver e só peço que Deus guarde a minha vida e que eu continue a minha jornada pela educação. Eu queria agradecer a vocês do ac24horas por me dar voz nesse apelo e ao Centro de Atendimento Social da Conquista -CRAS- que é única entidade que tem mostrado alguma preocupação com o que passo e que a vida dos nossos alunos estão por um fio. Se ninguém fizer nada contra isso agora.. eu temo que seja tarde demais amanhã.

Nenhum comentário:

Postar um comentário