23 de fev de 2012

Isolados pela enchente, 50 famílias passam fome e sede no seringal Capatará, no Acre

Por telefone, um grupo de pelo menos 50 famílias que encontra-se isoladas pela enchente do rio Acre no seringal Capatará, [região do projeto de assentamento Benfica], pediu ajuda através da Rádio Difusora Acreana às autoridades para que possam ir até a localidade e auxiliá-los no resgate ou levar água potável e alimentos, tendo em vista as plantações foram perdida com a cheia do rio e não dispõe de absolutamente nada para beber ou se alimentarem.

Dado as péssimas condições do sinal de telefonia, apenas foi possível entender que ao todo são famílias assentadas pelo Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária INCRA e que vivem naquela região e estão precisando de toda ajuda possível.
Preocupado com a  situação das famílias  e a  perda do sinal de telefonia que caiu, o apresentador do programa Gente em Debate, Washington Aquino, apelava para que o morador do seringal que fez contato ligasse novamente e disponibilizou o seu número pessoal de celular 8418 7161 para que possa ser possível saber a localização exata onde as famílias encontram-se isolados e ser possível fazer o resgate pela Defesa Civil Estadual.
Em seguida o apresentador informou que a Defesa Civil irá levar mantimentos e água através de um helicóptero.
Na zona rural a enchente é mais dramática por causa do isolamento que há em função da falta de comunicação e de acesso terrestre.

Nenhum comentário:

Postar um comentário