17 de dez de 2012

Procurando quem manda


Afastado da prefeitura de Sena acusado por improbidade administrativa , Areal procura apoio do governador Tião Viana

Apesar de ainda não ter sido localizado pela justiça acriana e ser notificado oficialmente de seu afastamento da prefeitura do município de Sena Madureira, [interior do Acre], na semana passada, acusado por improbidade administrativa, Nilson Areal foi visto na manhã desta segunda feira (17), entrando na Casa Rosada, onde funciona o gabinete do governador Tião Viana.

Areal, responde ao Inquérito Civil Nº. 06.2012.00000784-0 instaurado pela promotora Vanessa de Macedo, onde  apontou que ele e a sua secretária de finanças da prefeitura de Sena Madureira, Cecília Teixeira de Souza , ordenaram ou autorizaram pagamento de serviços que não foram prestados à prefeitura, além de utilizar‘laranjas’, pessoas físicas que tiveram suas contas bancárias usadas para lavagem de dinheiro público.
Entre as ilegalidades reveladas pelo MPE/AC, a juíza Zenice Mota cita em sua decisão, o caso de uma pessoa que não exerce a advocacia, mas que recebeu dinheiro por serviços advocatícios. O esquema teria desviado aproximadamente R$ 292,327,87 dos cofres públicos.
Areal, mesmo não sendo encontrado pelos oficiais de justiça para que tome ciência de seu afastamento da administração municipal, o seu vice Jairo Cassiano, assumiu o cargo na última sexta feira (14).

Nenhum comentário:

Postar um comentário