26 de mai de 2011

Não terá mais vestibular na UFAC esse ano

ENEM irá substituir o Vestibular da UFAC

Reitora da UFAC Olinda Batista
Quem quiser ingressar na UFAC terá de fazer o exame do Enem. O exame do vestibular está cancelado esse ano.


A Reitora da Universidade Federal do Acre - UFAC, Olinda Batista, disse na manhã desta quinta-feira (26), que o Vestibular  da instituição será substituído totalmente pelo Exame Nacional do Ensino Médio - Enem.
Segundo Olinda Batista, o Conselho da UFAC decidiu ontem (25), que a universidade aderiu ao Enem e todas aquelas pessoas e alunos do ensino médio que queiram ingressar na Universidade Federal do Acre, terão que fazer o exame e outras orientações serão dadas partir da próxima segunda-feira (30), na própria UFAC.

“Nesse momento, recomendamos que todos que pretendem uma vaga se inscrevam de 23 de maio até o próximo dia 10 de junho. Não haverá vestibular esse ano, contudo (...) isso não significa que não teremos mais o certame, pois se essa experiência não for positiva é claro que voltaremos a modalidade anterior de seleção dos candidatos. Eu repito: não teremos vestibular esse ano. A seleção será exclusiva pelo Enem, por isso se inscrevam o quanto antes”, orientou.

Olinda Batista disse também que os critérios de seleção dos candidatos serão definidos pela própria Ufac. As inscrições no Enem podem ser feitas na página do Ministério da Educação - MEC e a taxa é de R$ 35. Candidatos que ainda não concluíram o ensino médio não pagam a inscrição.

Salomão Matos

Um comentário:

  1. Na minha opinião,a Universidade Federal do Acre literalmente ficou com um certo medo de realizar vestibulares por conta própria, devido aos escândalos dos seus últimos certames.Acredito que continuar com o vestibular como processo total de seleção seria meio que rudimentar nessa nova era do ensino brasileiro, marcada evidentimente pela integração ocasionada pelo exame nacional do ensino médio.Contudo, também não concordo com o decreto da UFAC de promover um processo seletivo inteiramente através do ENEM,não concordo principalmente porque a prova do referido exame exige dos seus candidatos, uma capacidade que pouquíssimos escolas no Acre estão aptas a oferecer para seus estudantes.Analisando algumas integrações de universidades federais Brasil à fora, gostei bastante do modelo adotado pela UNIR( Universidade Federal de Rondônia), lá a nota dos candidatos é calculada como a média aritmético da sua nota do Enem e de um vestibular realizado pela própria UNIR, com isso Rondônia consegue diminuir significamente o númnero de estudantes de outros estados, principalmente porque na prova dada pela UNIR, é exigido ,de forma relevante,conteúdos relacionados especificamente com a geografia e história daquele estado.É isso que a UFAC deve fazer, na minha opinião.

    ResponderExcluir