15 de mar de 2011

Cortando na própria carne


Cel. Paulo César repudia tortura de PMS á preso mostrada no Youtube

A partir de reportagem publicada em diversos veículos de comunicação no Acre, onde mostra um vídeo em que policiais militares aparecem torturando na manhã desta terça-feira, 15, um preso acusado de assalto, identificado até o momento como sendo Valdir Felix de 28 anos, o comando geral da PMAC abriu processo criminal para investigar o caso e a conduta dos PMs.

Inconformado pelo modo com que os policiais agiram, espancando com tapas o acusado, mesmo depois de estar preso, algemado e não oferecendo mais risco, o sub-comandante da PMAC, Coronel Paulo César, disse que "ja baixei o vídeo da internet e identificamos os policiais. Todos passarão por um procedimento investigatório interno e ao final, caberá ao Ministério Público Estadual e o poder judiciário puní-los ou não na forma da lei ”, lamentou.

Segundo ainda Paulo César, o prazo para conclusão do inquerito é de 30 dias a contar a partir de amanhã (16), quando pessoas serão intimadas, inclusive alguns jornalistas que presenciaram a cena.

“Nós não pactuamos com esse tipo de atitude e o comando geral repudia qualquer tipo de tortura. Vamos agir nesse caso com o maior rigor para dar exemplo de que esse tipo de comportamento não é tolerável em hipótese alguma dentro da nossa coorporação”, afirma.

Salomão matos



Nenhum comentário:

Postar um comentário