15 de set de 2009

CORUPÇÃO

Foi retirado da pauta de hoje na sessão do Tribunal Regional Eleitoral do Acre os recursos n° 355 e 363 respectivamente impetrados pelos prefeitos de Sena Madureira e Juarez Leitão de Feijó ambos acusados por compra de votos nas última seleições.

O caso de Areal é mais crítico sendo que na primeira votação o TRE cassou seu mandato por quatro votos a três.
Nos dois casos, sendo condenados pelo TSE, haverá novas eleições em Feijó e Sena Madureira em torno de 90 dias, e das quais nem Nilson Areal e nem Juarez Leitão poderão participar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário