15 de set de 2009

VACINE SEU FILHO- É OBRIGAÇÃO SUA.

A Secretaria de Estado de Saúde inicia no próximo sábado, 19, a 2ª etapa da Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite, com o slogan: "Não dá pra vacilar. Mais uma vez tem que vacinar". Na primeira etapa deste ano, foram vacinadas 83.145 crianças de zero a cinco anos, representando 100,47% de cobertura vacinal. O Acre ficou em primeiro lugar em relação à homogeneidade, visto que os 22 municípios alcançaram a meta de 95% determinada pelo Ministério da Saúde.


Segundo a técnica do Programa Estadual de Imunização, Núbia Moreira, a vacinação é importante para manter os índices de cobertura vacinal. "Com as campanhas de vacinação, impedimos a reintrodução do vírus no país, uma vez que a poliomielite só está erradicada nas Américas, ainda existem muitos países com a circulação do vírus", alerta.

Nas áreas de difícil acesso e na zona rural, antecipou-se a campanha em decorrência da variação climática em alguns municípios. A intenção era garantir condições para que as equipes de imunização conseguissem chegar a esses locais e pudessem vacinar as crianças na faixa etária determinada.

Para atender a população, 378 postos de vacinação - fixos e móveis - na zona rural e urbana, 900 profissionais de saúde do Estado e município e 153 transportes - terrestres e fluviais - estarão disponíveis.

A poliomielite, mais conhecida como paralisia infantil, é uma doença infecto-contagiosa viral aguda, caracterizada por um quadro clássico de paralisia flácida de início súbito, acometendo geralmente os membros inferiores de uma forma assimétrica. A doença foi de alta incidência no país em anos anteriores, ocasionando deficiência física em centenas de pessoas por ano. A vacina oral é considerada pela Organização Mundial de Saúde como a única vacina capaz de viabilizar a erradicação global da poliomielite, sendo recomendada para as nações com índices de coberturas vacinais baixos e heterogênicos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário